Angelina diz estar "maravilhosamente bem" na 1ª aparição após retirar seios

Atriz compareceu à estreia de "Guerra Mundial Z" no domingo em Londres. "O belo é que a vida segue", declarou Brad Pitt no tapete vermelho.

A atriz americana Angelina Jolie declarou no domingo que está "maravilhosamente bem" e muito emocionada com o apoio do público depois de anunciar que passou por uma dupla mastectomia para prevenir o alto risco de sofrer um câncer de mama.


Angelina diz estar

A atriz, que compareceu à pré-estreia em Londres de "Guerra Mundial Z", de Marc Forster, protagonizado pelo marido Brad Pitt, declarou que estava orgulhosa por sua decisão ter provocado um debate público. "Fiquei comovida por falar sobre isto", declarou em sua primeira aparição pública desde o anúncio da cirurgia em maio.

Angelina Jolie, de 37 anos, disse ainda que está feliz de constatar que as questões sobre a saúde das mulheres alcançam uma dimensão mundial.

"Isto é muito por agradecer depois de ter perdido minha mãe por esta mesma doença. Também recebi o carinhoso apoio de muitas pessoas", completou. A mãe de Angelina Jolie, Marcheline Bertrand, faleceu vítima de câncer de ovário aos 56 anos e sua tia Debbie Martin também morreu, na semana passada, vítima de um câncer de mama.

Brad Pitt afirmou que a decisão de Jolie estreitou os laços na família. "Quero dizer que para nós o belo é que a vida segue", disse. A atriz declarou que o marido é "um homem e pai maravilhoso". "Tenho muita, muita sorte", afirmou.

Depois de passar pela operação e uma reconstrução mamária, a filha do ator John Voight declarou que o risco de câncer de mama agora é de 5%. Antes os médicos calculavam o risco de câncer de mama em 87% e de 50% para câncer de ovário. Angelina Jolie disse que optou pela cirurgia para não privar os seis filhos, com idades entre 5 e 12 anos, da mãe.

Fonte: G1