Após eliminação, Ralf nega ter feito sexo com Milena dentro do BBB9

Eliminado do “Big Brother Brasil 9″ nesta terça-feira (3) com 64% dos votos do público

Eliminado do ?Big Brother Brasil 9″ nesta terça-feira (3) com 64% dos votos do público, o empresário Ralf nega ter feito sexo com Milena dentro do reality show. ?Teve muito carinho, mas ficou só nisso. A Milena tem dois filhos e a gente sabia que não estava sozinho?, disse Ralf em um chat logo após deixar o programa.

Sobre a relação com Milena, o agora ex-BBB disse que está muito apegado à assessora de imprensa e que o sentimento entre eles é verdadeiro. ?Acho que tem grandes chances de dar certo e vai ser legal a gente se encontrar aqui fora.?

Durante a conversa com os internautas, Ralf foi questionado sobre a aproximação com Michelle na primeira semana do confinamento. ?De fato rolou um carinho entre a gente, mas foi cortado na primeira semana?, admitiu o ex-BBB, completando que sua história com Milena impede um outro relacionamento fora da casa.

Ralf ainda afirmou que não esperava ter um par romântico dentro do reality show, mas que a proximidade incentiva a formação de casais dentro da casa.

FAVORITISMO

Para Ralf, sua eliminação no paredão que disputava com Ana Carolina pode ter sido determinada pelo apelo sentimental da catarinense. ?A Ana passou essa imagem de menina frágil e o povo preferiu defender ela. Talvez a minha imagem mais dura pesou.?

O eliminado também diz acreditar que ainda é cedo para determinar um favorito ao prêmio de R$ 1 milhão. ?Lá dentro as emoções são muito fortes. Você pode se envolver em uma confusão que acaba com a imagem que você criou?, defende.

Fora da casa do reality show, ele torce por Milena mas afirma que Flávio tem chances de levar o prêmio ?pelo que representa na casa?. ?Mas não tenho uma pessoa que considero mais forte do que as outras. O Max tem força pelos paredões que enfrentou e a Ana também por ter voltado de um paredão duplo?, disse.

Ralf também afirma que não guarda mágoas por ter sido indicado pelo carioca ao paredão. ?Eu tinha que ir para o paredão em algum momento se quisesse ganhar o jogo?, justifica.

Mesmo sem condenar a atitude de Max, o ex-BBB considera que a postura assumida de jogador determinou sua indicação ao paredão. ?Ele me colocou não porque eu não seja amigo dele, mas para medir a minha força?, afirmou, esclarecendo que não considera o carioca um jogador mascarado, mas racional.

Para Ralf, é difícil conseguir fingir por muito tempo dentro do confinamento. ?Com o tempo as pessoas vão entregando aquilo que realmente pensam, ninguém consegue segurar a máscara por muito tempo?, afirmou.

Apesar disso, o eliminado não define nenhum dos seus antigos colegas como um jogador no sentido negativo. ?O que existe são pessoas que se declaram jogadoras e deixam o sentimento de lado, pensam mais friamente.?

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br