Após rumores, Marquezine fala de química com Destri: 100% técnico

A atriz negou que houvesse algum romance entra ela e Destri

Bruna Marquezine se joga no sofá sem cerimônia e deita. Ali, numa sala de leitura de um dos estúdios do Projac, fica logo claro: ela está em casa. Nem poderia ser diferente para a menina de 19 anos que começou a fazer novelas aos 7. Em sua companhia está Maurício Destri, não tão confortável quanto a parceira de "I love Paraisópolis". Antes de a entrevista começar, o frio do lugar os incomoda um pouco e o ator logo vai atrás de seu casaco no camarim. Bruna, com preguiça, desiste de acompanhá-lo e permanece ali. Como um bom cavalheiro, Maurício, de 23 anos, traz um hobby para ela. “Depois eu te pago com um bombom”, diz a atriz, que cai no riso. O bate-papo da Canal Extra com o casal mais badalado do momento mostra que a afinidade deles realmente vai muito além das câmeras.

— A gente não se conhecia. O Chico Accioly (preparador de elenco) soube fazer essa aproximação de uma maneira incrível. Ele falou o quanto era importante nós termos intimidade. Foram três meses ensaiando, jogando conversa fora, conhecendo um pouco mais um do outro. Além disso, nós viajamos para gravar as primeiras cenas. Fomos para São Paulo e Nova York. E viagem aproxima as pessoas — explica Bruna, que não esconde a empolgação com o sucesso do atual trabalho: — Eu acreditei na Marizete desde o início, assim como na relação dela com o Benjamin (personagem de Maurício). A gente torcia para que o público embarcasse com a gente nessa história, mas isso superou as nossas expectativas.

Image title


Maurício não fala tanto quanto Bruna. Mas, sentado em uma poltrona ao lado dela, concorda com o que a parceira diz. Vivendo seu primeiro protagonista na TV, o ator sabe a dimensão do posto que ocupa. Filho caçula de uma humilde família de Criciúma, Santa Catarina, ele suou para chegar até aqui. Nas gravações em Nova York, quando viu neve pela primeira vez, foi difícil disfarçar a emoção.

— Foi uma sensação única. A minha vontade era ligar para os meus pais e falar: “Vocês precisam ver isso”. Foi um momento muito bacana, em que pensei em tudo o que passei e nas minhas conquistas. Fiquei emocionado demais. É uma responsabilidade muito grande (protagonizar), mas, acima de tudo, é um reconhecimento do meu trabalho — destaca o ator, que estreou em "Cordel encantando"  (2011) e fez também "Malhação" (2012) e "Sangue bom" no ano seguinte.

Na pele de Mari e Benjamin, os dois convenceram o público com uma bela história de amor. É até difícil não suspirar quando a música do casal (“Thinking out loud”, do britânico Ed Sheeran) toca na TV e eles se entregam a beijos ardentes. As cenas ousadas, eles garantem, não são um problema.

— Eu não vejo diferença dessas cenas para as outras. Nós temos o compromisso de fazer com verdade. As pessoas ainda dão muito valor para essas cenas de beijo e sexo, mas não tem essa diferenciação. É 100% técnico! Por mais que passe para o público muito sentimento, normalmente nós estamos pensando na marca da câmera, se estamos fazendo sombra no colega, em várias coisas — garante Bruna, que diz, em seguida, seu único temor: — A preocupação é quando preciso fazer cenas de calcinha e sutiã. Aí, eu fico sem comer nenhuma besteira naquele dia (gargalhadas).

Para os beijos apaixonados em cena, apesar de técnicos, não existe truque. Nem mesmo uma balinha para refrescar o hálito.

— Não tem. Você só oferece uma bala se o amigo tiver mau hálito. Tipo assim: “Você não quer uma? É boaaa”. Deve ser complicado pegar um parceiro assim. Eu nunca tive esse azar. Mas pode acontecer — diz Bruna.

Se o público está gostando da entrega da dupla, imaginem Wolf Maya, diretor de núcleo da trama.

— Queríamos apostar num novo ator para o Benjamin. Maurício nos ganhou desde o início. Bruna é boa atriz desde criança e cada vez mais ela me surpreende. Nossos protagonistas são dois jovens afinados e excelentes atores — elogia Wolf.

Image title

Os autores de “Paraisópolis” também são só orgulho do casal.

— Não poderíamos estar mais felizes com eles. Bruna e Maurício são muito talentosos e estão demonstrando enorme dedicação. É a realização vermos que os personagens estão sendo tão bem aceitos — diz Alcides Nogueira, que tem o seu discurso endossado por Mario Teixeira:

— É um orgulho ver dois atores, com históricos diferentes, conseguirem alcançar um resultado profissional de sucesso e uma sintonia tão bacana.

A química entre o casal é tanta que muitas pessoas apostam (e torcem!) por um envolvimento entre eles na vida real. Até mesmo os parentes. No dia em que essa entrevista foi feita (24 de junho), cerca de 20 minutos antes, Bruna e Maurício estavam ao vivo no “Mais você”. No programa, a mãe do ator, a esteticista Lucrecia Alves, de 46 anos, fez uma declaração que deu a entender que o filho eestaria namorando a colega de trabalho. “Fico muito feliz que ele esteja fazendo esse personagem com a Bruna. Ser mãe do Maurício é muito bom e ser sogra da Bruna Marquezine é melhor ainda. Espero que esse namoro dure com o término da novela”, disse Lucrecia na ocasião, deixando o filho visivelmente constrangido.

Sobre o suposto namoro, eles não respondem imediatamente. Bruna começa a falar:

— A verdade é que o Maurício é...

O ator logo interrompe a parceira e emenda:

— Lésbico! (ri)

Bruna segue:

— Gay! Ele é gay!

Em seguida, ela cai numa gargalhada ao zoar o amigo e logo completa:

— É brincadeira! Já estou até vendo a manchete! (risos).

Após se recompor da brincadeira(os dois implicam um com o outro o tempo inteiro), a jovem volta a falar, só que desta vez com seriedade:

— As pessoas falam tanto. Na última novela, eu fiquei grávida umas cinco vezes. Já é de se esperar algo assim (comentários sobre um possível namoro) com o casal romântico de uma novela. Mas são consequências do nosso trabalho e é preciso lidar.

Image title

O repórter insiste sobre o namoro e, aí sim, eles respondem. Bruna se pronuncia primeiro:

— Estou solteira!

Maurício confirma:

— Solteiro!

O último relacionamento da atriz (após romper o superbadalado romance com o craque Neymar) foi com o modelo Marlon Teixeira. Eles teriam engatado o romance em novembro de 2014 e a relação chegou ao fim nos primeiros meses deste ano. Já Maurício terminou recentemente o namoro de três anos com a cantora carioca Taís Alvarenga. O motorista Paulo Destri, de 50 anos, é categórico ao falar sobre o estado civil do filho:

— Converso frequentemente com o Maurício, mas ele nunca me confidenciou a existência de nenhum relacionamento amoroso. Acredito que ele esteja solteiro, de fato.

Prima do ator, Patricia Faermann, de 24 anos, acredita que a declaração da tia (que não quis se pronunciar após a aparição na TV) sobre o namoro não ficou clara.

— Acho que ela foi mal interpretada. Ela estava muito nervosa. Aquela foi a primeira entrevista que ela deu para a televisão. A gente só vê a resposta dela, não sabemos qual pergunta foi feita. Eu tive a sensação de que ela estava falando dos personagens.

Maria Casadevall, que na novela disputa Ben com Mari, acha positivo o público misturar ficção e vida real.

— Isso é um termômetro de como o casal tem sido bem aceito e, por consequência, a novela como um todo. Acho que eles são o carro-chefe da nossa história, então, que essa empatia e essa paixão atravessem a tela e cheguem ao telespectador a ponto dele confundir o que é verdade e o que é mentira — pondera a Margot da trama das 7.

Apesar de lidar bem com as especulações sobre sua vida, Bruna já se questionou diversas vezes se queria seguir na carreira por causa disso.

— Na Lurdinha ("Salve Jorge", 2012), fiquei muito nervosa. Da noite para o dia, as pessoas deixaram de me ver como uma menina e passaram a me olhar como mulher. Minha mãe me viu chorar diversas vezes e acompanhou o meu questionamento. Só que fui aprendendo. Vivo o meu sonho diariamente. E essa parte chata se torna pequena — explica a atriz.


Image title

Para o intérprete de Benjamin, a curiosidade alheia ainda é uma novidade, mas ele está tirando de letra.

— Não me comparo a Bruna. Vivo uma situação completamente diferente. E sei que a minha vida não está tão exposta quanto a dela. Mas, mesmo assim, já surgiram mil coisas a meu respeito, algumas até absurdas. Não vou ficar ligando para uma coisa que eu tenho consciência de que não é — minimiza Maurício, que logo tenta travar uma discussão sobre o tema com Bruna: — Acho que os atores, por saberem que isso (a exposição) é normal, tratam de uma forma natural, algo do tipo: “Temos que aprender a lidar”. Mas tem gente que vai contra, sabe?!

A colega, então, o interrompe:

— Pois é, Maurício. Vão contra e geralmente são aqueles atores que param de trabalhar, que não são bem vistos pelo público e pela mídia.

Debate encerrado, o papo volta a ficar leve. Chama a atenção a intimidade entre os dois. Eles ressaltam que a sintonia existe entre todo o elenco.

— É todo mundo unido. É algo impressionante — destaca Maurício.

Bruna, de novo, aproveita a oportunidade para caçoar do parceiro.

— Eu tenho que falar: o Maurício dá um pouco de trabalho. Ele é metido, piorou muito depois de conquistar cem mil seguidores no Instagram. Virou outra pessoa — diverte-se a atriz.

De acordo com a família, Maurício não é nem um pouco deslumbrado. A prima Patricia faz questão de ressaltar as qualidades do galã:

— Ele é muito batalhador. Lá em Criciúma, não tinha muita perspectiva. Maurício foi para São Paulo e correu atrás do sonho dele. É um rapaz que luta pelo que quer. É um orgulho. Meu avós (Osvanir José, de 71, e Ilma Ana, de 68) tem todo um ritual para assistir à novela. Meu avô até chora. Meu primo merece cada conquista.

Se, na vida real, o ator só tem motivos para celebrar, na ficção, ele precisa disputar o amor de Marizete com ninguém menos que Caio Castro. Aliás, o intérprete do bandidão Grego tem uma história inusitada com Bruna. Ele foi o príncipe na festa debutante dela.

Image title

— Conheci o Caio um pouco antes dos meus 15 anos. Eu o convidei e ele disse que só iria se fosse meu príncipe. Eu falei: “Pode ser”. Fiquei um pouco na dúvida: “Caio Castro? Príncipe? Acho que não!”. Fiquei feliz de encontrá-lo agora. Ele está arrasando. Nunca tinha parado para prestar atenção no trabalho do Caio assim. Ele é parceiro.

Se uma parcela do público está dividida entre Benjamin e Grego, é porque os atores estão cumprindo seu papel.

— A proposta da novela era essa desde o início — entrega Maurício, que não descarta viver uma paixão fora da TV: — Estou focado nessa novela e o meu coração está reservado. Mas estou aberto para um novo amor.

Já Bruna, que como Marizete é linha dura quando o assunto são os seus sentimentos, diz não ser fácil conquistá-la:

— É difícil amolecer o meu coração. E não tem uma fórmula para isso. Eu gosto mesmo é quando me surpreendo. Se tivesse receita, estaria feliz da vida. Procurávamos direitinho.


Dupla fala o que vem à mente com respostas rápidas:

Amor é...

Maurício: Tudo!

Bruna: Ia falar isso também. Hammm (pensando)... Amor é Deus, é vida.

Beijo bom é...

B: Bom (risos)

M: Sincero!

B: Ah, beijo apaixonado!

M: É... Beijo apaixonado.

Não pode faltar no primeiro encontro...

M: Verdade!

B: Poxa, Maurício! Essa é muito boa!

M: Usa então...

B: Verdades verdadeiras!

Música preferida do momento...

M: “Loving you’’ (começa a cantarolar “Thinking out loud’’, do cantor Ed Sheeran, tema de Mari e Ben).

B: Jura? É essa a sua música?

M: Não. É brincadeira. Eu não tenho preconceitos com música e tenho escutado algumas canções gospel atualmente.

B: Ah, não! A minha também é! Deixa eu falar primeiro para você não me imitar.

M: Tenho escutado “Mesmo sem entender”, do Thalles Roberto.

B: Essa já é velha para mim (provoca). A minha é “This is living”, do Hillsong (grupo gospel americano). A versão acústica!

Nas horas vagas, eu gosto de...

B: Comer, ver filme e ficar com quem eu amo.

M: Gosto de ler, de assistir filme e de desenhar. E comer e dormir.

B: Comer e dormir também. Adoro.

M: Não me copia! (brinca)

Sem o meu celular, eu fico...

B: Maluca! Chata!

M: Eu sobrevivo!

B: (Gargalhadas) Tá bom. Tirem o meu braço, mas não o celular!

M: Sou um pouco dependente só, mas se quiser pegar e precisar ficar um ano sem, ok.

B: Mentira! É balela! Está querendo posar de superior (risos). Eu perturbo todo mundo!

As redes sociais são...

M: Modernidade!

B: Entretenimento e uma ferramenta de trabalho.

Entre razão e coração, eu fico com...

B: Coração!

M: Coração. Completamente. Sou coração.

Um sonho que eu quero realizar...

B: Ser mãe... Ganhar um Oscar de melhor atriz (risos).

M: Formar uma família.

Uma mania que eu tenho...

M: Roer as unhas.

B: Dar susto nas pessoas.

M: É verdade!

B: E o Maurício é frustrado porque nunca conseguiu me dar um susto! (risos).



Fonte: extra