Apresentadores do SBT se unem em apoio ao patrão Silvio Santos

Apresentadores do SBT se unem em apoio ao patrão Silvio Santos

Christina Rocha, Carlos Alberto e Raul Gil estão dispostos a ajuda o chefe como puderem

O rombo bilionário do banco PanAnamericano, do Grupo Silvio Santos, parece, ao menos de imediato, näo ter interferido no clima do SBT. Pelo contrário, segundo a apresentadora Christina Rocha, os funcionários da casa se uniram ainda mais. Todos dispostos a apoiar o dono do Baú para que ele consiga bancar a dívida de R$ 2,7 bilhões.

"O que eu vejo é que nós, apresentadores, estamos muito unidos", comenta Christina, que até aceitaria uma possível redução do seu salário, caso fosse preciso. "Eu faria tudo o que o Silvio me pedisse. E eu não posso falar por todos, mas acho que meus colegas também fariam o mesmo", completou.

Carlos Alberto de Nóbrega, que renovou seu contrato com SBT há menos de 15 dias, acha que a crise financeira do patrão não vai chegar no seu salário. "O Silvio tem 10 anos, e ele vai conseguir. Ele mais do que nunca provou seu caráter, colocando tudo que ele tem como garantia. É o primeiro banqueiro que faz isso, para não afetar o povo e os funcionários", disse o dono do banco da Praça, que pretende ficar no canal paulista até morrer. "Conversei com Silvio sobre isso, mesmo quando não puder apresentar, fico aqui como gerente de corredor (risos)...", comentou.

Raul Gil também segue a linha otimista, mas confessa que já sentiu a crise na sua produçäo. "Tenho vários quadros para lançar, mas tenho que segurar, porque alguns são externos e gastam muito. Agora não é o momento de gastar", afirmou.

Como se nada tivesse acontecido na conta bancária de seu chefe, a apresentadora Eliana demonstra ser a mais positiva quanto seu trabalho no SBT: "Esse ano tive a chance de voltar para cá e continuar minha história, após 11 anos. Agora quero continuar por mais 7, 9, 10 anos..."

Fonte: OFuxico, ofuxico.terra.com.br