Assessor garante à polícia que Justin Bieber tinha autorização para grafitar

Assessor garante à polícia que Justin Bieber tinha autorização para grafitar

Bieber foi flagrado por fotógrafos grafitando o muro do Hotel Nacional, em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro escutou um representante da assessoria de Justin Bieber, na última terça-feira, 5, que garantiu que o cantor teve autorização para realizar o grafite na cidade. No entanto, o local autorizado era outro: o Muro da Vila Olímpica, no Morro do Vidigal. Segundo a assessoria da entidade, foi aberta uma sindicância para apurar o caso.

"De acordo com informações da 15ª DP (Gávea) foi aberta uma investigação para apurar o crime previsto no artigo 65 da Lei no 9.605. Um representante da assessoria do cantor foi ouvido, ontem, e disse que o cantor teria recebido autorização da Prefeitura para realizar um grafite no Muro da Vila Olímpica, no Morro do Vidigal, mas por questões de segurança, a equipe do cantor não achou viável o cantor grafitar naquele local. O delegado Mauricio Mendonça vai encaminhar, nesta quarta-feira, um ofício para Prefeitura do Rio para confirmar se houve essa autorização. As investigações estão em andamento para apurar o caso", disse a assessoria.

Bieber foi flagrado por fotógrafos grafitando o muro do Hotel Nacional, em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada de terça-feira, 6. Os seguranças do cantor teriam se desentendido com os paparazzi e policiais do 23º BPM acompanharam a cena e, apesar de o ato ser considerado crime, não repreenderam o cantor e sua trupe por estarem grafitando em um muro particular.

Segundo informações do "RJTV", os policiais que acompanharam o caso foram identificados e sofrerão penas alternativas, como entrega de cestas básicas.

Fonte: EGO