Ator Lima Duarte fala sobre personagem que detestou fazer

Ator Lima Duarte fala sobre personagem que detestou fazer

O ator também falou sobre Hebe e Roque Santeiro

Lima Duarte foi à pré-estreia do filme Assalto ao Banco Central, na noite desta quarta-feira (20), no Shopping Market Place, no Morumbi, em São Paulo. O consagrado ator conversou com os jornalistas sobre diversos assuntos como hobby, Hebe Camargo, Roque Santeiro e a novela Araguaia, seu último e mais recente trabalho na Globo. Além disso, Lima disse que queria muito ver o povo brasileiro gostando mais de filmes nacionais.

?O povo brasileiro está começando a aceitar melhor o seu cinema. Hoje mesmo o motorista estava falando comigo ?eu vejo filme brasileiro?. Foi um prazer grande ouvir isso, viu? Passei a minha vida inteira tentando ouvir isso. O que eu quero mesmo é ver os brasileiros gostando dos filmes nacionais. É isso que eu desejo.?

Recentemente, Lima contou em entrevista que seu pesadelo inconfessável era ?ter vivido "sexo solitário" com Hebe Camargo". Sobre o assunto, ele afirma que os dois são grande amigos e que ele a admira muito.

?A Hebe é minha grande amiga, ela mandou recado pra mim. Adoro ela, ela me adora. Ela me disse que quer jantar comigo e eu a homenageio o amor, a graça e o encanto dela que eu aprecio, desde sempre?.

Lima Duarte também falou seus personagens. Fez uma análise sobre o memorável Sinhozinho Malta, da novela Roque Santeiro (1985) que hoje é reprisada por um canal a cabo.

?Eu assisti, ontem, ao Roque Santeiro [exibida no canal pago Viva], achei divertido, vital, vigoroso, cheio de vida, mas já se passaram 30 anos e não sei como a moçada reage hoje. Fala-se de um clima tão favorável ao Roque Santeiro e fico pensando se quem assiste pensa ?não é nada disso que falam!?. Tomara que não né??

Mas sobre seu último personagem, vivido na novela Araguaia, o vilão Max, Lima dispara que não gostou nem um pouco.

?Muito chato, eu detestei esse vilão aí. Não gostei de fazer não. A repercussão foi boa, pois eu fiz muito bem um personagem que eu detestei?, conclui.

Fonte: Terra, www.terra.com.br