Atriz Antônia Fontenelle lê para crianças do CMEI Professora Maria Aldineia

A ação traz artistas e outras personalidades, principalmente da TV, para lerem livros infantis brasileiros para crianças de 5 a 10 anos.


Os alunos do II Período do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Maria Aldineia R. da Silva participaram hoje (7) da abertura do Projeto Cultural de Literatura Infantil “Lê pra mim?”, na Casa da Cultura. A ação traz artistas e outras personalidades, principalmente da TV, para lerem livros infantis brasileiros para crianças de 5 a 10 anos.

O primeiro dia de evento contou com a participação da atriz Antônia Fontenelle, que é piauiense, mas mora no Rio de Janeiro, onde construiu uma carreira de sucesso. Ela leu a obra “O sistema ecológico faz eco, lógico” e aproveitou para conversar com as crianças sobre os cuidados com o meio ambiente.
 
“É um prazer voltar ao Piauí engajada em um projeto como esse, que incentiva a leitura de uma forma dinâmica. Passei para o meu filho o hábito de ler que adquiri com o teatro, e agora vim me deliciar com esse momento especial. Acredito imensamente na cultura, na educação e na arte”, comenta a atriz.
 
No turno da tarde será a vez dos alunos da Escola Municipal Benjamim Soares de Carvalho. Ao todo, oito unidades de ensino da Rede Municipal participarão das seções de leitura até sexta-feira (10). Nomes como Ana Botafogo, Rafael Zulu, João Acaiabe, Amadeu Campos, Rivanildo Feitosa e João Cláudio Moreno também estão escalados para a edição em Teresina.
 
Segundo a gerente de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Irene Lustosa, é uma verdadeira festa para as crianças. “Além do incentivo à leitura, é um momento divertido de aprendizado. Organizamos de forma que cada escola leve, ao longo da semana, cerca de 90 crianças em cada turno”, explica.
 
A Casa da Cultura foi escolhida como palco do “Lê pra mim?” por representar importante espaço cultural e turístico da cidade. Com entrada franca, a sala de leitura comporta até 100 crianças, que ficam acomodadas em almofadas com formato de livros. Ao final de cada seção os alunos recebem livros, lanche e jogos educativos.
 
Matheus, de 5 anos, prestou atenção em cada detalhe da história. Respondendo com entusiasmo todas as perguntas da leitora do dia, o estudante não se inibiu ao comentar o que aprendeu com o livro. “Não devemos sujar para não destruir o planeta”, concluiu.
Fonte: Ascom