Autor de "Em Família", não afirma beijo gay: "Vou escrever,mas não sei se sai"

a história, Giovanna é uma dona de casa heterossexual que começa a sentir desejo pela personagem da colega, uma fotógrafa moderninha

Walcyr Carrasco já avisou: não vai ter beijo gay no final de Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), em ?Amor à vida?. Caiu no colo de Manoel Carlos, autor de ?Em família?, a expectativa para que se quebre um dos últimos tabus da teledramaturgia no país. Na sua novela de despedida, o autor aposta em um casal de lésbicas, vividas por Giovanna Antonelli e Tainá Muller, como um de suas tramas centrais. Na história, Giovanna é uma dona de casa heterossexual que começa a sentir desejo pela personagem da colega, uma fotógrafa moderninha.


Autor de

?Posso até escrever, mas não posso prometer que vá ao ar. A ideia é apenas contar uma história de amor?, minimiza Maneco, negando sentir uma pressão para levar a discussão sobre a homossexualidade às últimas consequências. Nas últimas décadas, o tema tem sido discutido de maneira mais aberta na TV (veja abaixo) e, agora, parte da opinião pública já torce para que o beijo seja exibido no horário nobre.

?Se tiver que ter beijo, vai ter. Mas acho que a questão vai muito além do ato em si?, afirma Giovanna, sem temer ter que protagonizá-lo. Tainá, que já vê a personagem como a maior da carreira da TV, assume um discurso político para defendê-lo. ?Em um mundo em que falta tanto amor, não é possível que as pessoas ainda tratem esse assunto como uma anormalidade?, encerra. Será que agora vai?

Fonte: Extra