Band já grava segunda temporada de Mulheres Ricas

A única figura repetida da primeira edição é Narcisa Tamborindeguy.

Menos champanhe, mais dramas de mulheres reais. É tentando fugir das críticas de futilidade da primeira edição, mas ainda carregado de luxo e extravagância, que a Band grava a segunda temporada de "Mulheres Ricas".



No novo ano -a estreia será em janeiro de 2013-, tudo muda no reality que exibe a rotina de socialites com tempo e dinheiro de sobra para o consumo. Ou quase tudo.

Saem de cena Val Marchiori, Lydia Leão Sayeg, Débora Rodrigues e Brunete Fraccaroli e até o diretor Pablo Mazover. A única figura repetida é Narcisa Tamborindeguy.

"Ela é como se fosse um super-herói. Está liberada para fazer qualquer coisa na frente ou fora das câmeras. Tem "free pass" e o povo assina embaixo", diz o diretor argentino Diego Pignataro.

Narcisa é o abre-alas para as novas participantes: a empresária Cozete Gomes, a cantora Aeileen, Andréa Nóbrega, ex-mulher do humorista Carlos Alberto de Nóbrega, e Mariana Mesquita, casada com o ex-jogador Luizão.

"Eu entendo as críticas. O formato é provocador, cutuca. Talvez a futilidade seja porque uma delas queira ser atriz, não revolucionária social", diz Pignataro, que pretende transforma a atração em um "novelão" com os problemas e sonhos das ricas.

Fonte: Folha