Bares criam clima para casais gays no dia 12

Bares criam clima para casais gays no dia 12

Café na região da Paulista terá luz baixa e flores sobre as mesas

Bares e restaurantes paulistanos abrem espaço para que casais homossexuais comemorem o Dia dos Namorados. Luz, música e flores sobre as mesas buscam atrair amantes aos cafés da região da Paulista que integram o circuito GLS. Mas estabelecimentos tradicionalmente hétero já anunciam em publicações dirigidas a disposição de atender esse público em Pinheiros, na Zona Oeste.

Namorados há cinco anos, Eduardo Lima e André Souza contam que a oferta de serviços aumenta sob a percepção de que clientes homossexuais levam a vida com mais estilo e são consumidores acima da média.

"Percebo como cliente que cada vez mais empresas buscam atender a esse público", afirma Lima. "Esse público não tem filhos, desembolsa mais dinheiro com gastos pessoais e se diverte mais", afirma. Os dois planejam passar o Dia dos Namorados no Piaf Bar e Bistrot, na Alameda Franca. Gerente do Piaf, Ricardo Antunes afirma que prepara decoração, música e combinações de prato diferentes para o dia.

Editor do guia de bolso que circulou na Parada Gay, Eduardo Lima afirma que, embora haja mais abertura, ele e seu namorado, o personal trainner André Souza, buscam evitar demonstrações públicas de carinho. "Se acontecer, a gente sabe que vai ter olhares e comentários. Além disso, até mesmo um casal heterossexual chamaria atenção caso ficasse se amassando em um restaurante", diz Lima.

No Vannila Caffé da Rua Antônio Carlos, bar 24 horas frequentado tradicionalmente pelo público GLS, o proprietário Fábio Pereira afirma que prepara sopas e vinhos para receber os namorados. No dia 12, o ambiente terá luzes mais baixas e flores sobre as mesas. Proprietária do Vanilla Caffé Sírio, na Rua Adma Jafet, Márcia Sivieri afirma que o estabelecimento fecha mais cedo, às 23h, e talvez por causa disso não tenha frequência muito assídua do público GLS. Mas ela afirma que casais gays são sempre muito bem recebidos. "A gente gosta bastante desse público", afirma.

O Consulado Mineiro da Rua Cônego Eugênio Leite, em Pinheiros, criou um prato especial para o Dia dos Namorados. O proprietário Fernando Carneiro ressalta que embora o estabelecimento tenha frequência maciça de casais heterossexuais, ele anunciou a oferta em uma publicação GLS. "Na casa não existe preconceito e fiz questão de mostrar que eles são bem-vindos", afirma. Fernando preparou para o dia um jantar, duas taças de vinho argentino e sobremesa a R$ 90 por casal.

Fonte: g1, www.g1.com.br