"Batman é muito, muito gay", diz Grant Morrison

Autor também está preparando graphic novel da Mulher-Maravilha



Poucos nos quadrinhos são tão bons em fazer declarações provocantes como Grant Morrison. E aí está mais uma do quadrinista escocês, agora em entrevista à Playboy americana deste mês (e reproduzida pelo site Comics Alliance):

"A gayzice faz parte do Batman. Não estou falando em gay num sentido pejorativo, mas Batman é muito, muito gay. Não tem como negar. É óbvio que enquanto personagem fictício ele é heterossexual, mas a base do conceito é absolutamente gay. Acho que é por isso que todo mundo gosta. Todas as mulheres querem ele, e saem usando essas roupas provocantes, pulando de telhado em telhado para chegar nele. E ele não está nem aí - quer mais é sair por aí com o velho e o guri."

Vale lembrar que Morrison, além de escrever HQs de Batman há mais de 20 anos, foi o principal roteirista da linha Batman nos últimos seis anos - e volta ao personagem no relançamento de Batman Inc., que sai no início de maio nos EUA.

Na mesma entrevista, Morrison diz que sua HQ com a Mulher-Maravilha - com uma abordagem sexualizada e feminista - será uma graphic novel. O projeto ainda não tem data para sair.

Fonte: UOL