Brasileiro revelado no "X Factor" quer cantar na Copa sem saber português

Correy impressionou a cantora Britney Spears e o restante do júri do programa, exibido pela Sony

"Eu te amo" é uma das poucas expressões que David Correy, 27, sabe em português. "Mas estou me esforçando para aprender o idioma e tudo sobre o país. Quero visitar o Brasil na Copa do Mundo, em 2014. E, quem sabe, fazer um show também", disse.

Nascido em Recife e adotado ainda bebê por um casal americano, o brasileiro mobilizou a audiência de TV nos Estados Unidos durante sua passagem no programa de calouros "X Factor" -até ser eliminado, na quinta passada.

Correy impressionou a cantora Britney Spears e o restante do júri do programa, exibido pela Sony e assistido em média por 8,5 milhões de espectadores naquele país.

Pelas notas agudas que alcançou ao apresentar seu repertório calcado em soul e R&B, que vai de Marvin Gaye a Bruno Mars (e pelo visual com muitas tatuagens), ele escalou até o Top 16 da segunda temporada da atração.

A origem brasileira é algo de que fala com entusiasmo. "Definitivamente tenho sangue brasileiro nas veias. Eu joguei futebol minha vida inteira. Digo uma coisa sobre brasileiros: nós nunca desistimos. Brasileiros são lutadores. Onde nasci, no Recife, há muitas pessoas que dão um duro danado para viver."

David Correy não conhece a mãe biológica, que o teve na adolescência.

Já nos EUA, ele viveu parte da infância e da adolescência em Maryland e na capital federal, Washington. "Tive uma ótima infância", diz ele, que subiu pela primeira vez num palco aos cinco anos. "Desde então, me apaixonei pela experiência."

Com a aparição no "X Factor", ele retomou a carreira, prejudicada em 2006 depois de um acidente de carro que quase o deixou paraplégico.

Correy também sofreu com as tentativas de encontrar sua mãe. "Quando era pequeno tinha algumas inseguranças. Não sabia o que significava ser adotado. Eu me questionava sobre a minha pele bronzeada, o formato dos meus olhos. Hoje sei que adoção é algo muito especial."

Graças ao programa, foi localizada em Pernambuco a possível mãe de David, Luciene Correia de Lima.

"Ainda não tive contato com ela, mas gostaria muito. Quero fazer o exame de DNA. Embora ame meus pais, é um dos meus sonhos encontrar minha mãe biológica."

Segundo rumores, a produção do "X Factor" estaria armando o reencontro.

Apesar de se dizer fã de samba (e de Pelé, Ronaldo, Romário e Robinho), não inclui nomes do gênero na vasta lista daqueles com quem sonha dividir o palco. Nela estão Usher, Pink, Marc Anthony, Drake e Frank Ocean.

Questionado sobre a vida afetiva, Correy mostra jogo de cintura de artista veterano: "Alguém especial fisgou meu coração. É o que posso dizer".

Fonte: Folha