Bruno Gagliasso esclarece empurrão de Cauã Reymond

Bruno Gagliasso: “Não houve nada. O empurrão foi em prol da arte”

Bruno Gagliasso está ainda mais magro para compor seu papel na novela ?Cordel Encantado?. Estou ainda mais magro porque sinto que é o que o personagem precisa. Se eu acho que o personagem ficará mais crível magro, eu emagreço. O corpo é meu instrumento de trabalho, tenho que me doar?, contou durante a inauguração da loja de acessórios da Carmen Steffens, nessa quinta-feira (12), em São Paulo.

? O único empurrão que aconteceu e as pessoas podem falar foi em prol da arte. Não houve agressão física! O Cauã e eu somos amigos."

Como vilão no folhetim, ele dá sua versão sobre o caráter de Timóteo: ?O meu personagem é frio, calculista e obsessivo. Ele trata o ser humano como objeto. Se ele faz tudo isso por amor? Não sei, o que é o amor? Para mim é diferente, é respeito e admiração. O Timóteo tem a maneira dele de amar?. Perguntado se incorporou algum dos tiques de seu personagem ao seu comportamento diário, Bruno pensou um pouco antes de respomder: ?Coisas pequenas, como coçar a sobrancelha e ser bem direto?.

Sobre o possível estranhamento com Cauã Reymond nas gravações da trama, é enfático: ?Será que aconteceu ou querem que aconteça? Não houve nada. O único empurrão que aconteceu e as pessoas podem falar foi em prol da arte. Não houve agressão física! O Cauã e eu somos amigos, um frequenta a casa do outro! Eu tenho uma máxima para esta história: ?quem conta um conto, aumenta um ponto?.

Tempo livre ele quase não tem. ?Chego em casa, decoro texto, assisto filmes que me ajudem a compor o personagem, estudo, me alimento o tempo todo do papel?. Para ele, a vida de casado com a mulher Giovanna Ewbank é maravilhosa. Se vêm filhos por aí? ?Já tenho quatro (cachorros), e agora a Giovanna me apareceu com mais um. Esses dias ela trouxe um vira-lata da rua.?



Fonte: IG