Cachorro que velava túmulo da dona em Teresópolis é adotado

Cachorro que velava túmulo da dona em Teresópolis é adotado

O vira-lata Caramelo, que passou dias ao lado do túmulo da dona

O vira-lata Caramelo, que passou dias ao lado do túmulo da dona, Cristina Maria Cesário Santana, morta em decorrência das fortes chuvas que atingiram a Região Serrana do Rio na semana passada, ganhou um novo lar neste domingo. Adotado por uma família da Barra da Tijuca, o cãozinho não é o único a esperar pelo dono mesmo depois da sua morte.

Segundo a veterinária Andrea Lambert, membro da Comissão Especial de Proteção Animal da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) que resgatou Caramelo e outros animais que ficaram sem lar por causa da chuva, histórias assim são muito comuns. ? O animal doméstico tem muita lealdade ?, explica. ? O dono acaba sendo a referência para tudo.

Em Edimburgo, Escócia, o Skye Terrier Greyfriars Bobby chegou a ganhar uma estátua depois de passar 14 anos guardando o túmulo de seu dono, até sua própria morte em 14 de janeiro de 1872. História parecida a do filme Sempre ao seu lado (2009), protagonizado por Richard Gere, em que o o cachorro Hachiko passa anos indo sempre ao mesmo horário a uma estação de trem esperar pelo dono que morreu.

No entanto, lembra Andrea, nem todos os animais que perderam o lar e o dono por causa das chuvas na Região Serrana tiveram a sorte de Caramelo. Quem estiver interessado na adoção pode entrar em contato com a veterinária pelo telefone (21) 9632 8115 ou pelo email [email protected]

Fonte: g1, www.g1.com.br