Portal meionorte.com BETA

PUBLICIDADE
ESCONDER

Elton John teme que filho sofra com homofobia por ter dois pais

PUBLICADO POR

Samara Costa


Repórter


Cantor Elton John teme que filho sofra com homofobia por ter dois pais

O astro pop Elton John acredita que a infância do seu filho, Zachary, será "muito difícil", tendo que enfrentar a homofobia e o impacto da fama de seu pai, afirmou o cantor em entrevista que será publicada nesta terça-feira (21).

Em 25 de dezembro de 2010, o astro britânico de 65 anos e seu companheiro civil, David Furnish, 49, se tornaram pais de um menino concebido com o óvulo de uma doadora e gerado no ventre de uma mãe de aluguel.

Mas o cantor e compositor disse que está se preparando para o que seria uma fase difícil durante o crescimento de seu filho, agora com um ano. "Na escola as outras crianças dirão: "Você não tem uma mãe"", afirmou John. "Percorremos um longo caminho, mas ainda existe homofobia e haverá até que a próxima geração de pais trabalhe isso com seus filhos", acrescentou.

No dia-a-dia, John conta que, por enquanto, a relação com dois pais "é natural para ele". "Ele me chama "papai" e a David, "paizinho"", comentou. Sobre a relação da criança com a fama, John afirma que "quando descobrir, ele vai olhar para mim como se eu fosse maluco. Ser filho de alguém famoso é como estar numa prisão. Será muito difícil", explicou.

Dentro da formação do pequeno Zachary, o cantor pop diz querer que "a música seja grande parte da vida dele. Eu o coloco no colo e ele não esmurra o piano", contou. "Ele tenta me imitar, mas ainda não está totalmente formado para compreender o que eu faço, graças a Deus", continuou.

Apesar de ainda ser um bebê, Zachary já ouve compositores clássicos como Chopin, Mozart e Beethoven desde muito cedo, mas John afirmou que seu filho demonstrou mais interesse em futebol e culinária. "Eu não pressiono Zachary a fazer nada. Até agora, ele simplesmente adora chutar a bola e ver as pessoas cozinharem", contou.

Na entrevista, John também elogiou Madonna, apesar de recentemente ter posto lenha na fogueira da eterna disputa com a cantora americana, durante entrevista à TV australiana, na qual ele disse que ela parecia uma "stripper de feira" cuja carreira chegou ao fim. "Madonna pegou a indústria pelo pescoço, criou oportunidades para outras mulheres, como (Lady) Gaga e Katy Perry", disse à Radio Times.

Sobre sua própria carreira, afirmou: "Eu me aposentaria se sentisse que a voz foi embora, mas aos 65 está cada dia melhor e estou no ponto alto da minha vida". Elton John vendeu mais de 250 milhões de cópias em 40 anos de carreira e ingressou no Hall da Fama do Rock and Roll em 1994.

COMUNICAR ERRO

Comunique à Redação erros de português, informação ou técnicos encontrados nesta página:

  • Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao Portal Meio Norte
178311,noticias

Manchetes que já foram destaques

ver todas as manchetes
Exibir em:

Redes Sociais

  • Google +1
  • Twitter
  • Instagram
  • Facebook