Cantora Madonna faz apelo público pela adoção da menina Mercy ,de 3 anos, no Malauí

A pop star fez um apelo público em uma entrevista por e-mail ao jornal Nation

A cantora Madonna falou pela primeira vez sobre a tentativa fracassada de adotar mais uma criança do Malauí, na África, segundo o jornal inglês Daily Mail. A pop star fez um apelo público em uma entrevista por e-mail ao jornal Nation, do país africano, após entrar com um recurso contra a decisão judicial que não lhe deixou levar consigo a menina Mercy, de 3 anos.

"Quero dar uma casa a Mercy, um ambiente familiar e amoroso, uma melhor educação e cuidados de saúde. E com isso, minha esperança é de que ela, como David, possa voltar um dia para o Malauí e ajudar o povo do seu país", escreveu Madonna.

"Embora eu tenha sido avisada de que não posso falar publicamente sobre minha vontade de adotar Mercy, quero dizer o quanto agradeço o apoio que estou recebendo do povo do Malauí e dos amigos pelo mundo", disse a cantora.

O juiz Esimie Chombo recusou o pedido de adoção alegando que Madonna não cumpre a lei do Malauí que exige de 18 a 24 meses de residência fixa no país para tal ação. No entanto, o advogado da cantora, Alan Chinula, confirmou na semana passada que ela entrou com um recurso contra a decisão.

Além do apoio da população do Malauí, Madonna teve sua performance como mãe elogiada por Angela Jacobsen, sua ex-babá. "Ela é carinhosa, atenciosa. Passa muito tempo com as crianças. Trabalha duro. É fantástica", disse. "É uma vergonha. Teria sido uma ótima oportunidade para a menina", comentou sobre a negativa da adoção.

A ex-babá também disse que Madonna tem uma série de regras rígidas na criação dos filhos que incluem a proibição de eles comerem sempre McDonald"s, assistirem muito à televisão ou lerem jornais.

Fonte: Terra, www.terra.com.br