Celso Portiolli renova com SBT e continua com R$ 200 mil mensais

A TV chegou a propor que ele deixasse de ganhar R$ 200 mil por mês em troca de participação nos lucros de seu programa

O apresentador Celso Portiolli renovou na tarde desta quarta-feira (19) seu contrato com o SBT.

Ele chegou a um acordo com a emissora e se mantém como contratado.

A TV chegou a propor que ele deixasse de ganhar R$ 200 mil por mês em troca de participação nos lucros de seu programa.

Mas acabou cedendo: ele permanece como funcionário. O contrato tem validade de três anos.

NEGOCIAÇÕES

Nesta semana, a diretora artística do SBT, Daniela Beyruti e executivos da emissora já haviam contatado o apresentador nesta semana, numa espécie de "preparação", para lhe dizer o que o SBT estaria disposto a pagar. O trabalho de emissários assim é comum em casos de negociação na hora de renovação (ou não). Só que a ideia apresentada foi de Portiolli aceitar mudar as regras de sua contratação.


Celso Portiolli renova contrato com o SBT

Ele deixaria de ser um funcionário contratado e se transformaria em "sócio" do SBT. É o mesmo esquema já feito com Ratinho e outros apresentadores (exceto Eliana). Grosso modo isso significaria o fim de um salário fixo estimado em R$ 200 mil. Portiolli, 44, passaria a dividir os custos e lucros do programa "Domingo Legal". O apresentador levou um susto e rejeitou a ideia.

Cabe lembrar que Silvio Santos jamais lida pessoalmente com nenhum tipo de negociação salarial ou para renovação de contratos. Antes de Daniela, quem sempre cuidou disso foi Guilherme Stoliar, ora ocupado com a presidência do Grupo Silvio Santos.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br