Christiane Torloni e Maria Maya agora são amantes no teatro

Após Caminho das Índias, atrizes estrelam releitura de A loba de Ray-Ban.

Na novela “Caminho das Índias”, Maria Maya interpretou uma garota rebelde que buscava aprovação, mas ao mesmo tempo, fazia de tudo para desvincular sua imagem da mãe repressora, vivida por Christiane Torloni. No espetáculo “A loba de Ray-Ban” - que estreia neste sábado (7), em São Paulo - Maria é uma atriz iniciante que busca aprovação, mas ao mesmo tempo, faz de tudo para desvincular sua imagem da amante, uma estrela de sucesso, vivida por... Christiane Torloni!

“São sentimentos bem parecidos. Ainda que na novela se tratasse de uma relação entre mãe e filha e agora, na peça, entre mulheres apaixonadas”, compara Maria. “O conflito é o mesmo nas duas histórias: amor e rejeição”. O espetáculo é uma releitura de “O lobo de Ray-Ban”, de 1987, que trazia os atores Raul Cortez e Leonardo Franco nos papéis que hoje são de Christiane e Maria.

O autor Renato Borghi reescreveu o texto com um casal lésbico quase simultaneamente a versão original, a pedido de Dina Sfat (1938-1989). A atriz adoeceu pouco antes de poder subir ao palco. Assim como Franco, Christiane também atuou na primeira encenação. A atriz fez o papel da esposa de Cortez, completando o triângulo amoroso que regia a trama. Franco, por sua vez, volta em “A loba de Ray-Ban”, agora como o marido de Christiane.

<br><img src="http://static.meionorte.com/uploads/imagens/carmemdea/112009/df33e5c3cb1afa113b9ad084e8b8cafc.jpg" width="595" height="424" /><br>

“Nas duas montagens, versamos sobre o mesmo tema: a paixão”, explica José Possi Neto, que dirigiu “O lobo” e agora, “A loba”. “Expomos cruamente um triângulo amoroso, mas a emoção que permeia este novo trabalho tem outro tônus comparado à montagem de 87. Lidamos com um novo triângulo de atores, outra química se estabelece”, completa. Beijo na boca Maria acredita que o público não estranhará o fato de ela e Christiane repetirem - em versão mais ousada - a parceria de “Caminho das Índias” (assista no vídeo ao lado as atrizes em cena da novela).

“Novela tem um impacto muito grande, mas é um produto descartável. O pessoal já se desapegou da nossa imagem de mãe e filha", opina. "Agora está todo mundo ligado nessa história da menina com drunkorexia”, completa a atriz, se referindo ao atual papel de Bárbara Paz em "Viver a vida". Ao contrário do que se possa imaginar, a parceria teatral veio antes da trama da autora Glória Perez.

“A Chris já havia me convidado para um teste da peça antes de fazermos a novela. Eu nem seria sua filha em ‘Caminho’, depois que mudou tudo”, revela Maria, inicialmente escalada para viver a indiana Deva – personagem que ficou para a atriz Cacau Melo. “‘A loba’ fala muito de intimidade, tem muito beijo na boca, cena de sexo... Foi bom eu e Chris termos esse tempo da novela para nos tornarmos mais próximas e fazermos um trabalho bonito no palco”, comemora.

Fonte: g1, www.g1.com.br