Claudia Leitte declara que ser gostosa faz bem

Claudia Leitte declara que ser gostosa faz bem

Em entrevista ao EGO, cantora diz que embora disposição para algumas atividades já não seja mais a mesma, se sente mais plena do que nunca.

Em ótima forma aos 30, Claudia Leitte não teme envelhecer. Ao contrário. A cantora se sente "plena como nunca". Na entrevista concedida ao EGO no dia do seu aniversário, a cantora contou que a maturidade lhe trouxe mais segurança. "Sou uma mulher segura e acho que é sexy ter e passar segurança."

Claudia revelou ainda algumas mudanças ocoridas com a idade. "Jamais usaria aos 20 as roupas que uso aos 30. Tinha medo de ser vista como uma mulher gostosa ou até vulgar. Hoje sei que ser gostosa é bom e que ser vulgar depende de certas atitudes que vão de encontro ao meu caráter".

EGO: Qual a sensação de fazer 30 anos? Em algum momento se assustou: ?Nossa, tudo isso!? ou se pegou pensando: ?Mas já??

Claudia Leitte: Não me assustei, mas cheguei a pensar em como o tempo passou depressa sim. Sinto-me feliz aos 30.

Como pretende comemorar a data?

Vou ficar com meus pais, meu marido e meu filho. Jantar com eles em algum

lugar bacana.

Quais as principais mudanças físicas que percebe com a passagem do tempo?

As marquinhas de expressão e a disposição do meu corpo para algumas atividades já não é imediata, agora meu condicionamento tem dado mais trabalho. (risos)

"Sempre me senti satisfeita em todas as fases da minha vida, e agora me sinto plena como nunca"

Está no auge aos 30?

Sempre me senti satisfeita em todas as fases da minha vida, e agora me sinto plena como nunca.

Percebe mudanças na voz ao longo do tempo? Como isso é captado por seu trabalho?

Depois que engravidei os hormônios agiram com força na minha voz. (risos) Toda mulher fala mais grave quando está gravida. Senti muito nesse momento porque precisava manter minha rotina. Depois, além de tudo ter voltado ao normal, sinto que meu timbre está mais incorpado. Gosto mais!

Tem ou já teve medo de envelhecer? Como lidou com isso?

Não tenho medo. Acho que é fácil lidar com isso quando não se pensa tanto no assunto. Vivo um dia após o outro com saúde. A velhice é algo natural e eu espero que Deus me conceda esse tempo.

Quando era mais nova já se pegou pensando que queria ser muito ?Famo$a??

(Risos) Diversas vezes. Eu subia nos móveis de casa, com uma escova na mão - que era meu microfone - imaginando uma multidão assistindo meu "show".

Balzac dizia que uma mulher de 30 anos tem atrativos irresistíveis. Que atrativos seriam esses presentes em Claudia Leitte?

Sou uma mulher segura e acho que é sexy ter e passar segurança. Se digo "não", sou taxativa, sabe? Decido rápido e vou direto ao meu objetivo. Meu marido ama quando digo: "Vamos fugir, deste lugar, baby..."

Que inseguranças tinha aos 20 anos e que hoje, aos 30, ri por tê-las superado?

Jamais usaria aos 20 as roupas que uso aos 30. Era mais tímida, tinha certos complexos. Tinha medo de ser vista como uma mulher gostosa ou até vulgar. Hoje sei que ser gostosa é bom e que ser vulgar depende de certas atitudes que vão de encontro ao meu caráter, portanto, não há possibilidade de me ver ou me sentir assim.

Acha-se ?mais mulher? agora?

Com certeza!

"O tal do instinto maternal tornou meus traços e minhas atitudes mais femininas"

De que forma a maternidade contribuiu para isso?

Estou usando creminhos, visito minha dermatologista, Karla Assed, com

frequência, e sei que a gravidez mudou meu corpo o suficiente para que eu ficasse mais zelosa. Mas acho que o principal é esse senso de responsabilidade que as mães ganham quando dão à luz um bebe. O tal do instinto maternal tornou meus traços e minhas atitudes mais femininas. Percebo porque acabo me vendo na TV, em fotos. É inevitável!

É verdade que pretende encomendar um novo herdeiro? Quando?

Quero mais filhos. Tenho um projeto de engravidar ano que vem, lá pro fim de 2011.

A ideia é ter mais um e ?fechar a fábrica?, ou não, acha que pode

até vir um terceiro filhote?

Acho que pode vir um terceiro. Deixa o segundo chegar primeiro.

Em dois anos construiu uma carreira solo de sucesso. Impressiona-se com a proporção que seu trabalho tomou? Como lida com essa ?responsabilidade??

Não me impressiono não. Eu trabalho muito e sou cercada de gente que acompanha o meu ritmo. Encarar uma responsabilidade como essa é um prazer. Eu amo cantar. Meu tesão é criar e colocar em pratica. Sou uma raçuda, otimista. Não me deixo abater.

Quais as metas para os próximos 30 anos?

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz... Cantar a beleza de ser uma eterna aprendiz..." não sei como chegarei aos 60, entrego a Deus, mas sei que vim a esse mundo pra ser feliz!

Fonte: EGO