Começa amanhã corso do Zé Pereira

O ponto de partida será a Assembleia Legislativa, na avenida Marechal Castelo Branco e a chegada na praça do Marques. Tudo a partir das 15 hrs.

Tudo pronto para uma das mais tradicionais prévias carnavalescas da cidade. É o Corso do Zé Pereira, que promete contagiar centenas de foliões amanhã (06), a partir das 15h, em uma carreata de alegria e irreverência. O ponto de partida será a Assembleia Legislativa, na avenida Marechal Castelo Branco e a chegada na praça do Marques.

Até a manhã desta sexta-feira, 40 grupos foram inscritos no Corso, que promete superar as expectativas neste ano, tendo em vista que mais interessados podem se inscrever no local do evento. ?Esperamos que este seja o corso mais animado de todos, já que a cada ano é crescente a quantidade de foliões?, destaca Marlon Rodner, presidente da COC- Comissão Organizadora do Carnaval.

O Corso terá 4,7 km de percurso neste ano. Ele inicia próximo à Assembléia Legislativa, na avenida Marechal Castelo Branco. Em seguida, os foliões partem para a avenida Frei Serafim, pela rua 24 de Janeiro seguindo até a avenida Campos Sales. Na seqüência, a animação do corso segue pela rua Magalhães Filho, finalizando na praça do Marquês, na zona Norte, onde será montada uma grande estrutura com apresentação de duas bandas.

O evento é uma das mais originais manifestações do carnaval piauienses. Todos os anos, o Corso reúne dezenas de carros repletos de enfeites e muita animação com foliões acompanhando os caminhões, que levam as bandas de música tocando marchinhas. Um dos destaques é o Caminhão das Raparigas, carregados de artistas fantasiados. No final, participam de um concurso em que são eleitos os melhores. A premiação será de R$ 1500 para o primeiro colocado, R$ 1000 para o segundo e R$ 700 para o terceiro.

Além dos carros enfeitados que concorrem ao prêmio, neste ano, o evento conta com a participação de 20 caminhões cedidos pela Prefeitura para associações, blocos, escolas de samba, secretarias e outras entidades, além de quatro fanfarras (pequenas bandas de música) que percorrerão todo o percurso para não deixar faltar música.

DÉCADAS DE HISTÓRIA

O Corso é umas das festas mais tradicionais do carnaval e surgiu no Brasil no final do século XIX e teve seu auge no Piauí entre as décadas de 30 e 50. Na época, as donas e freqüentadoras de bordéis da cidade trajavam as melhores roupas, alugavam caminhões e saíam da Rua Paissandu, percorrendo a Praça Rio Branco, Avenida Antonino Freire e Frei Serafim, no período carnavalesco, numa espécie de represália à discriminação que sofriam.

Com o projeto de revitalização do carnaval realizado pela Prefeitura de Teresina em 1997, chamado Reviver Carnaval, as audaciosas prostitutas da Paissandu ganharam homenagem com o "caminhão das raparigas". O desfile desse carro tornou-se tradição, sendo as prostitutas representadas por atrizes fantasiadas.

A brincadeira contagiou o folião teresinense que comparece todos os anos com ou sem fantasia, em carros, caminhões, carroças, motos ou mesmo acompanhando a pé todo o percurso. Ficar nas ruas por onde passa o cortejo também é garantia de diversão.

Fonte: PMT