Confira curiosidades assustadoras sobre filme "O Exorcista"

Confira curiosidades assustadoras sobre filme "O Exorcista"

Confira curiosidades assustadoras sobre filme "O Exorcista"

1. Uma história real? - O filme foi inspirado num livro de mesmo nome de William Peter Blatty, que também assumiu o roteiro. O que pouca gente sabe é que Blatty se inspirou nos noticiários de 1949, quando jornais de Georgetown estamparam em suas capas o "terrível exorcismo" de Robbie Manheim, garoto de 14 anos cujo corpo teria sido invadido depois que ele brincou com uma tábua de Ouija para tentar se comunicar com seu tio morto

2. Aterrorizando plateias antes de estrear - A estreia aconteceu só em dezembro de 1973, mas a Warner Bros. foi obrigada a retirar o trailer original do longa dos cinemas por ele ser considerado "assustador demais" para plateias médias. O vídeo mostrava trechos do filmes com inserções artísticas animadas do próprio demônio Pazuzu, que possui a garotinha na telona. Depois de muito tempo, o estúdio liberou o vídeo no You Tube para os curiosos (e corajosos)



3. O poder da fé - Joseph Dyer, amigo do padre Karras no filme, é interpretado pelo padre William O´Malley, que até hoje leciona na Universidade de Fordham, onde parte do filme foi rodada. Ele ainda mostra cenas do longa em suas aulas admitindo que "80% dessa história é real"

4. Espectadores fora de controle - Após o lançamento do longa, a atriz Linda Blair foi ameaçada de morte por fanáticos religiosos, que afirmavam que ela "glorificava o Demônio" com o papel da menina possuída. Por conta disso, ela passou seis meses amparada por seguranças contratados pelo estúdio

5. Efeitos estranhos - Para reproduzir os terríveis gemidos de Regan, William Friedkin gravou os ruídos estridentes de porcos sendo levados para o abate em uma fazenda próxima ao set

6. Set amaldiçoado? - O set onde foi rodado a maior parte das cenas do longa pegou fogo no meio das filmagens. O único lugar que ficou intacto foi o quarto da menina possuída, Regan. Além disso, a casa onde filmavam as externas do longa, bem próxima às famosas escadas de Georgetown, demorou mais de 30 anos para ser alugada, dado ao medo dos inquilinos. Hoje, pertence à Warner e é ponto turístico



Fonte: Terra