Conheça Jaqueline Maia, a nova rainha de bateria da Escola d Samba Santa Cruz

“Estou amando! Quem me conhece sabe que sou do povão!”, exclama a morena.

Jaqueline Maia está vivendo um conto de fadas. Nascida e criada em Santa Cruz, a carioca de 26 anos, comemora o fato de ser a nova rainha de bateria de sua escola do coração, a Acadêmicos de Santa Cruz, ocupado durante dez anos por Renata Santos (hoje na Mangueira). ?Estou amando! Quem me conhece sabe que sou do povão!?, exclama a morena.

A escolha por Jaqueline foi o último pedido da primeira dama da escola, Rosele Nicolau, mulher de Moysés Antônio Coutinho Filho, o Zezo, falecida uma semana depois do último carnaval, vítima de um infarte fulminante. ?Ela me convidou enquanto estávamos em um bloco de rua, na terça feira de carnaval, mas não acreditei que o convite fosse sério?, lembrou a nova rainha da escola do Grupo de Acesso.

Diferentemente de muitas outras musas, Jaque não gosta da exposição do corpo. Em sua fantasia, uma única restrição: bumbum e seios cobertos. ?Tenho medo de ficar vulgar. Não preciso mostrar tudo para ser sensual?, explica a beldade. Casada há sete anos com um major do Exército, chamado Alfeu, e mãe de Gabriel, de oito anos (fruto de um antigo relacionamento), ela garante que a postura discreta nada tem a ver com a profissão do marido. ?Ele não encrenca em nada. É uma posição minha?, garante.





Fonte: Extra, extra.globo.com