Corpo de Miguel Magno, de "Toma lá dá cá" é cremado em SP

Margno interpretava a personagem Doutora Percy no programa “Toma lá, dá cá

O corpo do ator Miguel Magno será cremado nesta terça-feira (18) no Crematório da Vila Alpina, na cidade de São Paulo, em uma cerimônia reservada para a família .

O ator e diretor teatral morreu aos 58 anos na manhã desta segunda-feira (17) no hospital Paulistano, em São Paulo, onde estava internado desde o início de julho. Magno estava tratando um câncer, já havia retirado o baço e estava aguardando o resultado de uma biópsia no fígado, informa a assessoria da Rede Globo.

Margno interpretava a personagem Doutora Percy no programa ?Toma lá, dá cá?. O último episódio com a participação do ator na série, chamado"Répondez S?il Vous Plait", vai ao ar na noite desta terça-feira (18), às 22h35 na TV Globo.

Nascido no Rio de Janeiro em 28 de março de 1951, Miguel Magno começou sua carreira no teatro, em 1984. Além de ator, ele era autor e diretor. Um dos primeiros papéis de Magno na televisão foi em "Top model", com o personagem Marvin Gaye, em 1989. A última novela do ator foi "A lua me disse", onde fazia o papel de Dona Roma.

Magno era conhecido por interpretar mulheres na TV. Além da Doutora Percy e da Dona Roma, o ator chegou a fazer o papel de 11 personagens femininas diferentes na peça ?Quem tem medo de Itália Fausta??. Até no programa ?Armação Ilimitada? já apareceu travestido, no papel de Febe Camargo.

No cinema, atuou em "Irma Vap - O retorno" (2006) como o pai de Camila e em "Lara" (2002).

Magno atuou ainda nas novelas "Felicidade" (1991), "Estrela guia" (2001) e "A lua me disse" (2005). Na Rede Manchete, as produções ?Helena? (1987) e ?A história de Ana Raio e Zé Trovão? (1990) contaram com o trabalho de Miguel. No SBT, ele esteve em ?Dona Anja? (1996) e ?Direito de nascer? (2001).

Em 2008, na Rede Globo, Magno participou da minissérie "Queridos amigos" e trabalhou também nas séries "Os normais" (2003) e "A diarista" (2004).

Fonte: g1, www.g1.com.br