CQC reestréia na Band. "Um exemplo de político é o Maluf", afirma Danilo Gentili

Maluf estará em um dos dez novos quadros do "CQC", que volta nesta segunda, às 22h15, após dois meses de férias

"Um exemplo de político é o Maluf", acredita Danilo Gentili, repórter do "CQC", da Band.

"Não estou dizendo que é honesto ou que voto nele, mas ele sempre para e nos dá entrevista. Responde tudo, até se é ladrão. Eu caceto toda hora, e ele continua falando comigo. Isso é uma habilidade que só alguns políticos têm, de saber usar o humor. O Zé Dirceu também. Ele é o Maluf da esquerda. Já a Marta foge", diz Gentili, que lembra que, nos Estados Unidos, políticos contratam comediantes para criar piadas para seus discursos porque "o humor os aproxima dos eleitores".

Maluf estará em um dos dez novos quadros do "CQC", que volta nesta segunda, às 22h15, após dois meses de férias.

Enquanto ele fica escondido em uma van com o repórter Oscar Filho, Felipe Andreoli entrevista um eleitor na rua e pergunta o que acha de Maluf. Depois de assistir às críticas por um vídeo no carro, Maluf sai e encara o entrevistado, que repete tudo na sua frente. O quadro se chama "Fala na Cara" e já foi gravado também com Eduardo Suplicy e Soninha.

Gentili ("29 anos, com voz de 14") está à frente do "Controle de Qualidade", no qual escolhe uma manchete e vai ao Congresso descobrir até que ponto deputados e senadores estão informados sobre o tema. Uma das notícias é a decisão de Obama de fechar o presídio de Guantánamo. Todos têm uma opinião sobre isso. O problema é quando o repórter pergunta onde fica Guantánamo...

"Partimos do seguinte princípio: se a população tem que estar informada, imagine os políticos. Escolhemos temas relevantes, que o público conheça. Mas muitos dos políticos, mais os deputados do que os senadores, não sabem do que estamos falando. Vários não sabiam o que são as Farc. E eles ficam enrolando muito tempo, em vez de admitir", conta Gentili.

Outro novo quadro é o "Palavras Cruzadas". Duas personalidades gravam, separadamente, respostas às mesmas perguntas. O telespectador vê a tela dividida com as respostas. Na estreia, estarão Gilberto Kassab e Eduardo Paes. Para a questão "tamanho é documento?", por exemplo, o prefeito de São Paulo respondeu "não", enquanto o do Rio, após rir, disse "isso é com minha mulher".

Versão de um formato original da Argentina, o "CQC" tem uma das melhores audiências da Band, com cinco pontos de média. Volta com cenário reformulado e a mesma equipe.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br