Criança brasileira vai "dar um tempo" após vencer Miss Mundo

Natália Stangherlin conquistou título de Little Miss World durante último fim de semana, no Equador

Natália Stangherlin venceu o primeiro concurso de beleza aos 2 anos. Hoje, aos 6, ela já é conhecida pelo bicampeonato no concurso de beleza internacional Little Miss World, que conquistou no último fim de semana, no Equador. E com uma trajetória tão cheia de viagens e compromissos, a mãe da gaúcha natural de Santa Maria (RS) quer "dar um tempo" nos concursos de beleza.

"Para ela é como se fosse uma brincadeira, ela adora, mas para nós, os pais, é muito cansativo. Ela está agora estrelando algumas campanhas publicitárias e vai se dedicar aos estudos. A única coisa que eu posso garantir sobre o futuro da Natália é que ela não vai concorrer no ano que vem. Não queremos que ela fique presa ao título. Concurso de beleza de novo, não tão cedo", diz ao G1 a mãe, a empresária Daniela do Amaral Stangherlin, 33 anos.

Em 2008, Natália já havia ficado em primeiro lugar no concurso de beleza internacional. Vencedora do Mini Miss Brasil no ano passado, a menina representou o Brasil novamente porque a Mini Miss Brasil 2009 só será conhecida em 29 de agosto. Segundo a mãe da miss, a comissão que organiza o concurso no Brasil não podia deixar de mandar uma candidata e pediu que Natália concorresse novamente.

?O convite para participar pela segunda vez do concurso internacional foi um susto mais do que uma surpresa?, diz Daniela. ?Nós deixamos por uma questão de parceria com o pessoal do concurso, mas ela não teve preparo nenhum dessa vez, não dei tempo de ensaiar. Tive dois dias para fazer o traje típico, que acabou sendo inclusive o vencedor na categoria.? Natália só teve tempo para retocar as luzes e fazer a unha antes de embarcar para o Equador para garantir o título consecutivo. Agora, já no Brasil, a menina está louca para voltar às aulas.

TRAJETÓRIA DE SUCESSO

Desde que nasceu, Natália chama a atenção pela beleza. "No primeiro concurso do qual participou, aos 2 anos, ela não chorou e desfilou super bem apesar de nunca ter entrado antes em uma passarela. A única coisa que a deixou preocupada foi a altura da passarela. Ela ficou com um pouco de medo?, diz.

Depois do concurso, no qual Natália ficou em segundo lugar, Daniela achou que era hora de parar com a carreira recém-começada. ?Achei que ela não precisava mais disso, porque fiquei com pena do medo que ela sentiu?, afirma. Mas o gosto por fotografias e poses fez com que, aos 4 anos, a menina fosse convidada a representar a cidade de Santa Maria (RS), onde nasceu, no concurso estadual de 2008.

Ela ficou em segundo lugar, mas novamente graças a um convite, foi chamada a representar o estado de Santa Catarina no Mini Miss Brasil ? concurso que venceu e que a levou a representar o Brasil no Little Miss World pela primeira vez.

Durante o reinado como Mini Miss Mundo, a mãe conta que Natália não seguiu o protocolo. ?Os compromissos eram todos no exterior, e nós tínhamos que priorizar os estudos dela. Mesmo assim, aqui no Brasil, participávamos de todos os eventos possíveis.?

Fonte: g1, www.g1.com.br