Cunhadas de Naldo são barradas em casamento por causa da ex-esposa

Cunhadas de Naldo são barradas em casamento por causa da ex-esposa

A produtora de eventos também não pôde ser representada por nenhuma amiga do tempo em que foi casada com o cantor

Um casamento dos sonhos, cheio de ostentação e famosos, também tem bafafá e confusão. Não é novidade para ninguém que a grande preocupação de Naldo e Moranguinho era que a ex-mulher do cantor, Branka Silva, pintasse na cerimônia, realizada nesta segunda-feira, e fizesse um barraco daqueles numa casa de festas localizada na Zona Oeste do Rio. Só que nem Branka nem o filho que ela teve com Naldo, Pablo Jorge, de 16 anos, deram as caras por lá. A produtora de eventos também não pôde ser representada por nenhuma amiga do tempo em que foi casada com o cantor: Naldo mandou barrar as mulheres dos seus dois irmãos, o produtor Rick e o DJ Digo, justamente por serem amissíssimas da ex.



O vestido iluminado de Moranguinho foi um assunto bastante comentando dentro e fora da festa. Enquanto convidados famosos postavam sem parar registros do casório em redes sociais, os fãs e seguidores detonavam o modelito, apontando como falta de elegância e bom gosto. Já dentro da cerimônia, as críticas ao vestido de Ellen Cardoso eram mais contidas. Mas ninguém deixou de falar do brilho exagerado da roupa.



O cardápio da festa também foi assunto fora e dentro da cerimônia. Bebidas com álcool, apenas cerveja, como mostra o registro do menu feito por um dos convidados. Nem uísque com água de coco, gente?

Naldo e Moranguinho se jogaram na pista de dança ao som de Beyoncé e de funks antigos. Eles até se arriscaram numa coreografia de ?Deja vu?, sucesso da diva americana. Os passos exigiam que o cantor segurasse firme a mulher. Haja força! Naldo só cambaleou mesmo quando subiu ao palco com os amigos e, por pouco, não se esparramou no chão.

Desavisado, Dennis DJ, que comandou as carrapetas da festa, soltou um ?Show das poderosas?, grande sucesso de Anitta. Mas a música nem chegou ao refrão e teve que ser substituída às pressas por um funk antigo, a pedido da produção de Naldo. Abafa!



O salão de festas só deu uma esvaziada na hora em que o cantor Belo subiu ao palco para cantar. Pelo visto, os convidados não eram muito fãs do cantor.



A noiva chegou com um atraso de duas horas e meia, mas como prometido surgiu a bordo de Jaguar preto. A cerimônia só começou às 23h. Na entrada da noiva, dois trompetistas tocaram a marcha nupcial. Já o noivo entrou acompanhado de sua mãe, ao som da música "Se essa rua fosse minha". Mãe e filho choravam de emoção.



Na hora do "sim", Naldo cantou para Moranguinho uma canção que ele compôs especialmente para ela. Foi a vez, então, de a noiva ir às lágrimas, mas não sem antes brincar dizendo que não podia borrar a maquiagem. Mas Naldo, romântico, respondeu que ela podia tudo.



Por causa da chuva, a cerimônia, celebrada por um pastor, foi transferida de uma área ao ar livre para um local coberto rusticamente com sapê. Os 500 convidados do casal, entre eles Edson (da dupla Edson e Hudson), Regina Casé, Valesca Popozuda e David Brazil seguiram para o salão de festas logo após a cerimônia religiosa. O cantor Belo, que chegou à festa num Porsche, fez uma apresentação especial para os noivos.



Para que nenhum dos seus familiares e amigos faltassem à festa, Naldo fretou cinco vans para levar os convidados.

Fonte: G1