Dado Dolabella é condenado por injúria e dano por ter xingado a ex-mulher

Dado Dolabella é condenado por injúria e dano por ter xingado a ex-mulher

Pelo crime de dano, o ator foi condenado ainda a pagar indenização de R$ 600 à ex-mulher

O ator Dado Dolabella foi condenado a 2 meses e 15 dias de prisão pelos crimes de injúria e dano, por ter xingado a ex-mulher Viviane Sarahyba e escrito palavras ofensivas na lataria do carro dela. O crime ocorreu nos dias 26 e 29 de dezembro de 2010 em frente à casa onde Viviane vivia, no Itanhangá, na zona sul do Rio. A condenação foi decidida pela juíza Ana Paula Laviola de Freitas, do 3º Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, no Rio de Janeiro. Cabe recurso em segunda instância.

Segundo o advogado Marcos Crissiúma, que representa Viviane, como Dado é réu primário a pena foi substituída por restrição de fins de semana. Nessas ocasiões o ator terá de frequentar reuniões em entidades com atividades educativas. Ele também não poderá deixar a cidade do Rio sem autorização da Justiça.

Pelo crime de dano, o ator foi condenado ainda a pagar indenização de R$ 600 à ex-mulher. "Dado se aproveitou de ocasiões em que foi devolver o filho do casal a Viviane. Ele não disse apenas dois xingamentos, mas vários. Queremos que seja condenado por mais de dois crimes de injúria, e por isso vamos recorrer", disse Crissiúma. O advogado de Dado não foi localizado pela reportagem.

Polêmicas

A vida de Dado Dolabella é marcada por polêmicas. A última ocorreu no mês passado. Um produtor da Record acusou Dado de tê-lo agredido nos bastidores de gravação da novela "Vitória", na Ilha de Curaçao, no Caribe. O ator negou e disse que foi apenas um incidente do trabalho. Por conta da confusão, Dado foi afastado da trama e seu contrato com a Record foi rescindido.

A polêmica de maior repercussão na vida do ator aconteceu em 2008. Sua então namorada, Luana Piovani, o acusou de agressão. A atriz comemorava a estreia da peça "Pássaros da Noite" quando começou a discutir com Dado. Durante a briga, a atriz caiu no chão e alegou ter levado um tapa do namorado, o que sempre foi negado por ele. Quando sua camareira tentou ajudá-la, apartando a briga, foi empurrada e também caiu. Na queda, machucou os punhos e precisou imobilizar os dois braços. A camareira também entrou com processo contra o ator.

Fonte: UOL