Dado Dolabella poderá sofrer novo processo

Dado Dolabella poderá sofrer novo processo

Camareira entrará na Justiça com pedido de indenização

Dado Dolabella, condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto por agredir a camareira Esmeralda de Souza e a atriz Luana Piovani durante uma discussão, em outubro de 2008, terá que amargar mais um processo.

Esmeralda disse a QUEM nesta quinta-feira (12) que irá entrar com uma ação indenizatória contra o cantor e ator. ?Meu advogado Marcelo Salomão disse que o próximo passo é esperar o advogado dele se posicionar. Aí, entramos com um pedido de indenização. Não falamos sobre valores?, afirmou ela.

Questionada se Dado teria procurado por ela para oferecer ajuda, comentou que o único contato aconteceu na época da agressão quando ele enviou flores para o apart-hotel onde estava hospedada.

?Eu recebi apenas o cartão porque estava em uma clínica quando as flores chegaram. Entreguei para o meu advogado. Ele nunca me telefonou ou ofereceu ajuda?, disse ela. E completou: ?Ao invés disso a mãe dele, Pepita (Rodrigues, atriz), foi até o camarim da Luana e disse: ?Como você deixa um funcionário seu processar meu filho??. Sobrou até para ela?.

Com relação a Luana, a camareira é só elogios. ?Ela nunca me abandonou. Não sei o que seria de mim sem ela. Eu já estava me sentindo ré porque recebi muitos telefonemas de pessoas da Record me pedindo para relevar?, afirmou Esmeralda.

Os telefonemas seriam de amigos de Dado e Pepita. ?Diziam que não ia dar em nada. Que com 1 milhão de reais que o Dado ganhou em ?A Fazenda? ele comprava o mundo?, disse a camareira, sobre o reality show da Record.

Fonte: Quem