Daniela Mercury é convidada para ser rainha da Parada Gay de Salvador

A cantora poderá não aceitar por conta de sua agenda.

O Grupo Gay da Bahia (GGB) convidou a cantora Daniela Mercury para ser a rainha da semana da diversidade e da 12ª Parada do Orgulho Gay da Bahia, que acontece de 1 a 8 de setembro em Salvador.

A assessoria da cantora, Wendy Castro, afirmou que recebeu o convite assinado por Marcelo Cerqueira, presidente do GGB nesta sexta-feira (12), mas não sabe se Daniela poderá aceitar por conta da agenda. Wendy irá conversar com a cantora.

Ivete Sangalo, Preta Gil, Fatinha Mendonça, Rita Batista, Marta Suplicy e Jean Wyllys também já ocuparam posto no evento.

Recentemente, Daniela publicou em seu Instagram (rede social de imagens) uma montagem de fotos ao lado da jornalista Malu Verçosa e se declarou: "Malu agora é minha esposa, minha família, minha inspiração pra cantar".

"Usei a palavra "esposa" porque decidimos viver juntas e trocamos alianças. Enfim, nos casamos. Mas ainda não oficialmente. O significado é o mesmo para nós. Na Bahia, desde o dia 26 de novembro de 2012, o casamento entre homossexuais já é realizado em cartórios. Uma conquista importantíssima", afirmou a cantora em entrevista à revista "Contigo".

Mercury está separada desde novembro de 2012 do publicitário italiano Marco Scabia, após três anos de união. Com o empresário, ela adotou três meninas: Ana Isabel, 2, Ana Alice, 10 e Márcia, 13. Após o fim da união, a estrela voltou a morar em Salvador. A cantora também é mãe de Giovana, 25, e Gabriel, 26, frutos de seu primeiro casamento, com Zalther Povoas.

Fonte: UOL