Derrota do Brasil decreta fim de festa junina

Derrota do Brasil decreta fim de festa junina

Festa junina teria uma semana a mais caso seleção fosse para a final

O tradicional São João de Campina Grande termina neste domingo (4), mas poderia ter sido prolongado por mais uma semana. A promessa dos organizadores da festa junina estava diretamente ligada ao desempenho da seleção brasileira. Se o Brasil chegasse até a final da Copa do Mundo da África do Sul, o arraial paraibano só terminaria dia 11. O encerramento do arraial vai ficar por conta da Banda Magnifícos.

Como o Brasil perdeu de 2 a 1 para a seleção da Holanda, na sexta-feira (2), os turistas e forrozeiros de plantão tiveram de seguir a programação prevista para o arraial paraibano até este domingo. Durante os 31 dias de festa junina, passaram pelo palco principal do Arraial Hilton Mota os artistas Elba Ramalho, Zé Ramalho, Flávio José, Dominguinhos, Aviões do Forró, Waldonys e Nando Cordel.

São João de Campina Grande teria uma semana a mais caso o Brasil fosse para a final da Copa do Mundo.

O São João de Campina Grande também agitou os bairros mais afastados com festa na Nova Feira da Prata e na Casa dos Artesãos. No distrito de Galante, o arraial seguiu com programação diurna. As opções para este domingo é pegar a última saída do Expresso Forroviário. O trajeto é feito em uma hora e meia e os passageiros são animados por um trio de forró em cada um dos vagões.

As mais de 160 barracas, 100 quiosques e três ilhas de forró (palhoças reservadas para dança ao som de trios de forró pé de serra) serviram para animar os turistas. Foram mais de 140 trios de sanfona, zabumba e triângulo que fizeram 600 apresentações durante a festa junina.

Quem estava solteiro aproveitou o Dia dos Namorados, e véspera do Dia de Santo Antônio, para se juntar aos 120 casais que consolidaram a união em um casamento coletivo. O evento foi realizado na Pirâmide do Parque do Povo. A cerimônia foi celebrada por um juiz de paz, um promotor de Justiça e um pastor evangélico.

Fonte: g1, www.g1.com.br