Deslizamento mata seis em Niterói no Rio de Janeiro

Deslizamento mata seis em Niterói no Rio de Janeiro

Até 40 casas podem ter sido atingidas; mais de 20 foram resgatados vivos

O secretário estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio, Sérgio Côrtes, disse na madrugada desta quinta-feira (8) que as equipes de resgate encontraram mais um corpo nos escombros da região de Niterói atingida por um grande deslizamento de terra na noite de terça (7), elevando a seis o número de mortos no local.

A área afetada foi o Morro do Bumba, em Viçoso Jardim, no Bairro Cubango.

O subcomandante do Corpo de Bombeiros, José Paulo Miranda de Queiroz, informou anteriormente que os corpos retirados sem vida após o deslizamento são de quatro mulheres e uma criança. Côrtes não informou sobre o sexo da nova vítima fatal encontrada.

Segundo Queiroz, o Corpo de Bombeiros considera que este deslizamento pode se tornar a maior tragédia causada pelas chuvas nos últimos dias.

Cerca de 150 homens trabalham no local e estão fazendo um levantamento do número de casas atingidas. Queiroz acrescentou ainda que o trabalho de resgate e procura de sobreviventes seguirá sem interrupções. Duas retroescavadeiras, das quais uma blindada do Batalhão de Operações Especiais (Bope) trabalham na área atingida.

Por volta 5h, chovia fraco na região.

51 feridos

De acordo com o secretário de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, de 20 a 40 casas podem ter sido atingidas. Ele informou ainda que o deslizamento deixou 51 feridos.

Os Bombeiros informaram ainda que 25 pessoas foram resgatadas com vida por soldados da corporação e pelos próprios moradores. Entre os feridos há oito crianças.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, Pedro Machado, informou mais cedo que as oito crianças sobreviventes estariam em uma creche que funciona na comunidade. Dois mortos já confirmados também eram funcionários da creche que funcionava no local.

Fonte: g1, www.g1.com.br