Dira Paes, Heródoto Barbeiro e Paulo Goulart estrelam filmes sobre a Educação nas eleições

A nova fase da mobilização Eu, Você Todos Pela Educação tem como foco a importância de colocar a melhoria da Educação na pauta dos candidatos

Recente pesquisa do Todos Pela Educação em parceria com a Fundação SM, realizada pelo Ibope em maio deste ano, aponta que a Educação ocupa o 3º lugar entre as principais preocupações dos eleitores brasileiros. Diante deste fato e visando fazer com que os candidatos priorizem a bandeira da Educação de qualidade nestas eleições, o movimento lança nesta sexta-feira, em rede nacional, a nova fase da mobilização Eu, Você, Todos Pela Educação.

Após a primeira etapa focada na importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos, a segunda fase tem como foco as eleições. Entre as ações da mobilização para os próximos meses, estão os filmes com os atores Paulo Goulart e Dira Paes e o jornalista Heródoto Barbeiro, que dão seu ponto de vista sobre a importância da Educação de qualidade para todos.

"Minha mãe sempre dizia que Educação é a única coisa que ninguém tira da gente. (...) Nessas eleições, preste atenção nas propostas dos candidatos para melhorar a qualidade da Educação. Eu já decidi: Eu voto na Educação!", afirma Dira Paes.

O grande objetivo desta etapa é colocar a Educação de qualidade em destaque na pauta das eleições estaduais e federais, incentivando que a população cobre dos candidatos propostas concretas para a área. Outra intenção é que a sociedade continue acompanhando os compromissos assumidos pelos governantes eleitos.

Além dos filmes - que vão ao ar a partir desta sexta-feira em canais fechados da TV Globo e do dia 23 de agosto na TV aberta, em rede nacional -, a campanha, idealizada pela agência DM9DDB e produzida pela O2 Filmes, conta com spots de rádios, jingle, banner para internet, ações em redes sociais e anúncios para revistas e jornais com foto e depoimentos, tanto dos protagonistas dos filmes, como de pessoas de diferentes profissões.

"Queremos que a mensagem chegue a todos e em todo o País. Para isso, precisamos de apoio de todos os meios de comunicação. Este é um momento importante para o Brasil, já que estamos definindo as diretrizes da Educação para os próximos anos, e há muito o que fazer para que seja possível atingir as 5 Metas propostas para 2022", afirma Priscila Cruz, diretora executiva do Todos Pela Educação.

Eu, Você, Todos Pela Educação

O Eu, Você, Todos Pela Educação é uma mobilização, lançada em novembro de 2009, tem como objetivo sensibilizar todo o País, por meio de ações de articulação político-institucional e de comunicação planejadas para o próximo quadriênio, para a importância da Educação como um direito e promover o engajamento dos brasileiros na conquista de uma Educação Básica de qualidade para todos.

A primeira etapa da mobilização visava estimular e ampliar a participação da família na Educação de seus filhos por meio de depoimentos reais que foram veiculados ao longo de sete meses em rede nacional na TV Globo e em diversos canais de TV a cabo. Os atores Thiago Lacerda, Alexandre Borges, Cláudia Abreu, Letícia Spiller, Mariana Ximenes, Milton e Mauricio Gonçalves, a empregada doméstica Cilene Oliveira e a apresentadora Ana Maria Braga foram os protagonistas dos filmes desta primeira fase.

Também foram veiculados spots de rádio, anúncios em revistas e, em uma parceria com o Clube dos 13, faixas da campanha, assim como comentários sobre a mesma realizados ao vivo pelos locutores, entraram em campo ao longo do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Sobre o Todos Pela Educação

O Todos Pela Educação é um movimento que conta com a participação da sociedade civil, de gestores públicos de Educação (MEC, Consed e Undime), da iniciativa privada e de especialistas. O principal objetivo do movimento é ajudar na garantia do direito de todas as crianças e jovens a uma Educação de qualidade até 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil. Afinal, o País só será, de fato, independente, quando todas as suas crianças e jovens tiverem acesso à Educação de qualidade. Para isso, foram estabelecidas 5 Metas que o país (estados e municípios) precisa alcançar:

Meta 1 - Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola.

Meta 2 - Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos.

Meta 3 - Todo aluno com aprendizado adequado à sua série.

Meta 4 - Todo jovem com o Ensino Médio concluído até os 19 anos.

Meta 5 - Investimento em Educação ampliado e bem gerido.

Fonte: Assessoria