Diretor da "mão boba" revela que queria um filho com Nicole Bahls

Diretor da "mão boba" revela que queria um filho com Nicole Bahls

Nicole Bahls deu uma entrevista afirmando em que perdoou o diretor.

Gerald Thomas, 59, comentou o polêmico caso em que enfiou a mão embaixo do vestido de Nicole Bahls, 28, durante o lançamento de seu livro "Arranhando a Superfície" na quarta-feira (10). As declarações do diretor foram publicadas pela coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo", nesta sexta-feira (12).

O diretor declarou que sabe que não sofrerá nenhuma consequência por ter atacado a apresentadora do "Pânico". "Meti a mão na menina. E tudo termina nos panos quentes, CPI que acaba em pizza, como todas as coisas no Brasil, esse paisinho de quarto mundo, Corsa que quer ser Mercedes", contou.

Nicole Bahls deu uma entrevista ao "Ego" em que perdoou o diretor. "Foi uma brincadeira de gravação, mas fiquei sem graça. Acho que ele viu o pessoal do "Pânico", sabe que a gente brinca, e quis fazer uma brincadeira com a gente também. Mas ele é gente boa, não foi grosseiro, não", contou. A apresentadora também disse que se o episódio acontecesse fora do seu trabalho a sua reação seria diferente. "Talvez desse um tapa, sim. Mas com certeza ia dar uma confusãozinha", declarou.

Enquanto entrevistava o diretor para o humorístico, Nicole teria perguntado a ele qual era o seu novo projeto, Thomas, então, disse que seu projeto "era fazer um filho nela naquela noite".

O diretor colocou a mão dentro do vestido da apresentadora, e também tentou abrir o zíper da calça de Daniel Zukerman e enfiar a mão no vestido de Wellington Muniz, que estava caracterizado como Me Come Bahls.

Fonte: Yahoo