Divulgado detalhes do testamento deixado por Michael Jackson

As linhas gerais do documento eram do conhecimento público, mas o jornal revelou detalhes até então desconhecidos por quem não fosse da família.

Michael Jackson deixou mais de US$ 33 milhões (R$ 60 milhões) para cada filho em seu testamento, segundo o tabloide inglês News of the World.

Prince, 13, Paris, 12, e Blanket, 8, irão receber sua parte do dinheiro do fundo fiduciário quando completarem 30 anos, de acordo com o testamento.

As linhas gerais do documento eram do conhecimento público, mas o jornal revelou detalhes até então desconhecidos por quem não fosse da família.

Foi revelado, também, que o astro não deixou nada para seus irmãos, irmãs e para seu pai, quando morreu em junho de 2009, o que causou brigas e discussões na família na época da leitura do testamento, segundo uma fonte que disse ao jornal:

?Michael tinha rixas com seus irmãos e com o pai, mas sendo a alma generosa que era, é difícil acreditar que deixou todo mundo de fora do testamento.?

As duas ex-mulheres de Jackson, Debbie Rowe e Lisa Marie Presley, também não foram citadas no documento.

No testamento Michael deixou 40% de seu patrimônio (hoje avaliado em US$ 250 milhões) para os filhos, 40% para a mãe e 20% para a caridade.

Katherine ainda não recebeu a parte que lhe cabe na divisão (US$ 99 milhões), mas recebe US$ 81 mil por mês (US$ 2,7 mil por dia) do patrimônio de Jackson para cuidar dos três filhos do cantor.

De acordo com o NOTW, os irmãos de Michael ficaram muito surpresos por não receberem nada de Michael.

O patrimônio é gerido pelos advogados John McClain e John Branca.

Fonte: Fuxico