Dudu Nobre entra na Justiça pelas 2 filhas

Dudu não explicou se pede a guarda integral ou compartilhada das filhas

O sambista Dudu Nobre entrou na Justiça para obter a guarda das filhas, Olívia e Thalita, do casamento com Adriana Bombom. Segundo Dudu, a ex-mulher o tem impedido de ver as crianças. "Hoje, vejo que minhas filhas correm risco. Sou pai e quero exercer não só meus deveres como também o direito de estar presente na vida das minhas filhas", explicou. Ele diz que as meninas também sofrem com sua ausência. "Elas dizem que sentem minha falta".

Dudu não explicou se pede a guarda integral ou compartilhada das filhas já que foi orientado por seus advogados a não dar maiores detalhes sobre o processo. Ele conta que tenta ver as meninas mas é impedido por Bombom, que nem mesmo atende seus telefonemas. "Cheguei a ficar um mês sem falar com as meninas", reclama. Além disso, o cantor acredita que a mãe das meninas não tem dado a elas a atenção devida. "Ela sai, vai pra boate se divertir e deixa as meninas em casa. Isso é errado. Até no aniversário de Thalita ela me impediu de ver minha filha. Queria almoçar com ela. Ela disse que ia viajar, levou as crianças pra Búzios e cantou parabéns só com adultos. Enquanto isso, na minha casa, os primos, as crianças todas esperavam a Thalita".

O sambista lamenta ter entrado na Justiça mas diz que, agora, tem podido ver as crianças. "Depois que entrei na Justiça, o advogado dela a orientou a me deixar ver as meninas. Entrar com processo foi minha última opção. Me dói ter que gastar dinheiro com advogado quando poderia usar para as meninas estudarem ou viajarem de férias. Fiz só o que tinha de ser feito", explica.

Em entrevista anterior ao EGO, Dudu acusou Adriana de tentar difamá-lo diante das filhas. "Ela diz para elas que sou péssimo pai, que não presto. Arco com toda as despesas das meninas, Adriana não tem gasto com nada". Na época, Bombom negou que impeça as visitas. "Jamais vou proibir minhas filhas de verem o pai. O lance é que ele trabalha, viaja muito e quer pegar as filhas quando quer", disse.

Fonte: Ego, www.ego.com.br