Passando por crise, apresentadora Xuxa dá adeus à televisão por um tempo indeterminado

Passando por crise, apresentadora Xuxa dá adeus à televisão por um tempo indeterminado

Após amargar anos de queda de audiência, apresentadora se afasta da televisão alegando problema de saúde e tem retorno ainda em aberto

Já faz algum tempo que Xuxa deixou de ser a rainha dos baixinhos, a loira que reinava absoluta na TV brasileira e nome forte na TV Globo. Desde a década passada, ela veio perdendo público, audiência e relevância e, neste sábado, perderá de vez a majestade quando seu programa, o TV Xuxa, for ao ar pela última vez.

No início da semana, a Globo anunciou oficialmente o fim da atração. No comunicado divulgado pela emissora, foram citados dois motivos para a decisão: a necessidade de reformular a programação para acomodar a cobertura da Copa do Mundo e das eleições e um problema de saúde que exige um longo repouso da apresentadora. Xuxa foi diagnosticada, no ano passado, com sesamoidite, uma inflamação nos ossos sesamoides dos pés provocada, entre outras coisas, pelo uso contínuo de sapatos de salto alto.


Em crise, apresentadora Xuxa dá adeus à TV por tempo indeterminado

A verdade é que há anos o TV Xuxa e sua apresentadora vinham sofrendo para encontrar um formato atraente a um público novo. Xuxa já não interessa às novas gerações de crianças e sabe disso, mas se mostrou incapaz de, com o passar dos anos, cativar a plateia adulta ? transição que Angélica e Eliana conseguiram fazer bem. Desde 2010, seu programa passou por diversas mudanças, mas sempre pareceu o mesmo: um sonolento desfile de convidados globais e musicais em um ambiente previsível de falsa intimidade e simpatia forçada. E põe simpatia forçada nisso: Xuxa sorri muito, como se estivesse em uma comédia. O que o seu programa, a bem da verdade, não deixa de ser.

A crise de audiência da atração começou a chamar a atenção em 2010, quando ainda era exibida nas manhãs de sábado. No ano seguinte, na tentativa de atingir o público familiar e aumentar o número de espectadores, o programa foi transferido para o período vespertino. Alardeado como um ?novo TV Xuxa?, ele mostrou, na realidade, um formato nada inovador, que misturava atrações musicais, entrevistas e brincadeiras com famosos. A estratégia não deu certo e a atração chegou a perder no Ibope para reprises do Pica-Pau, desenho exibido pela Record.

Para a temporada 2012, um novo diretor foi convocado com a missão de salvar o programa. Mario Meirelles reformulou a atração mais uma vez, mas o público não sentiu a diferença. Os primeiros programas, em janeiro, registraram uma boa audiência, mas meses depois quase metade do público já havia abandonado Xuxa outra vez. Em julho daquele ano, o programa registrou a pior audiência de sua história.

Em novembro, com o programa perdendo novamente para desenhos da concorrência, o diretor Mario Meirelles foi ao Twitter chamar de "retardados" os que preferiam ver Pica-Pau na Record. "Atenção, retardados que estão assistindo Pica-Pau. Começou #TVxuxa", escreveu. A frase repercutiu rápida e negativamente e nem o pedido de desculpas subsequente apagou a impressão de que a produção já beirava o desespero.

No início de 2013, Boninho ? diretor do Big Brother Brasil ? foi ao socorro de Xuxa, que entrou em seu núcleo visando recuperar prestígio e, claro, público. Segundo rumores, os dois não se entenderam e o programa ? mais uma vez ? não deslanchou.


Em crise, apresentadora Xuxa dá adeus à TV por tempo indeterminado

Com esse triste histórico, a confirmação, nesta semana, de que o programa sairá do ar não chega a surpreender. Dias antes, a emissora havia anunciado ter renovado o contrato com Xuxa por três anos. Com isso, a Globo garante que a apresentadora não irá a lugar nenhum, por enquanto, e ganha um bom tempo para pensar ? mas dessa vez pensar direito ? no que fazer com ela daqui para frente.

Neste último suspiro, o TV Xuxa terá como atrações a dupla Victor & Leo, a atriz Tatá Werneck e o técnico Carlos Alberto Parreira, além de atores da casa. A partir do próximo sábado, o buraco no horário será preenchido por filmes. Por tempo indeterminado.

Fonte: Veja