Reynaldo Gianecchini diz em entrevista que nunca foi casado com outro homem; confira!

Reynaldo Gianecchini diz em entrevista que nunca foi casado com outro homem; confira!

O ator se defende dos boatos que se seguiram como supostamente ser gay e portador do vírus da aids.

Reynaldo Gianecchini abriu o coração na emocionante, esclarecedora e otimista entrevista que deu à revista Época que está nas bancas. Em um vasto relato, o ator fala da descoberta do câncer no sistema linfático, do doloroso tratamento e se defende dos boatos que se seguiram como supostamente ser gay e portador do vírus da aids. O galã, após tratamento de quimioterapria, se submeteu a um autotransplante de medula em busca da cura da doença. Recuperado, ele já teve alta médica para trabalhar. Vislumbrando o futuro e a perpetuação de seu DNA, Giane ainda revela que só agora pensa em ter um filho.

Polêmica com ex-empresário

? Outro caso tratado de forma muito leviana. Essa é uma história que tem muitos desdobramentos, que envolve dinheiro, bens e contas. Ele não era meu empresário. Era uma espécie de administrador. Administrava toda a minha vida profissional e até minha casa. Como eu estava sempre viajando, precisava de alguém assim. É uma história que vai levar dez anos na Justiça. Eu o estou processando, porque tem muito dinheiro meu de que ele precisa prestar conta. Não é uma questão amorosa, definitivamente, que está em jogo. Não é uma questão homossexual. Fui ameaçado no meu patrimônio maior, a minha imagem. Mas é uma questão de trabalho, e precisa ser comprovado por A mais B onde foi parar meu dinheiro.?

Hétero ou bissexual?

?Penso que essa questão da sexualidade é muito mais complexa do que as pessoas tendem a achar. Cada um tem sua sexualidade. Nunca tive uma história com um homem, nunca fui casado com um homem, nunca tive um romance com um homem. Mas a sexualidade, ou a sedução, é outra coisa. A gente é sexual no dia a dia sem transar. Conheço amigos que seduzem homem, mulher, seduzem a porta. A gente é mais sensual nos trópicos. Mas essas coisas são muito íntimas e, no meu caso, sou tão discreto que, se a história está publicada numa revista como fofoca, pode ter certeza de que é mentira.?

Fonte: Época