Esquentando os tamborins РConhe̤a as rainhas de bateria do Carnaval 2009

Em 2009, a Marquês de Sapucaí vai receber um time bastante heterogêneo

O ano ainda não acabou, mas nas quadras das escolas de samba do Rio de Janeiro o carnaval já está a todo vapor.

Junto com ele, o frisson para saber quem serão as beldades que vão desfilar à frente das baterias das agremiações.

Em 2009, a Marquês de Sapucaí vai receber um time bastante heterogêneo. Tem de tudo: desde a volta da eterna musa Luma de Oliveira pela Portela, e a estréia de Valesca Popozuda, figurinha tarimbada do mundo funk, que vem à frente dos ritmistas da Porto da Pedra.

Quitéria Chagas

É a primeira beldade a pisar na avenida, no domingo de carnaval, no dia 22 de fevereiro.Quitéria desfila pela escola há seis anos, dos quais quatro, como rainha de bateria. A atriz é imperiana de carteirinha e tem a responsabilidade de ajudar a verde-e-branca do bairro de Madureira a se manter no grupo especial. Samba no pé e credibilidade junto a agremiação ela tem.

Paola Oliveira

Em 2008, ela desfilou pela Portela e pela Grande Rio, dando mostras do que podia fazer. Pois bem, a tricolor do município de Duque de Caxias acreditou e convocou Paola para ser sua rainha de bateria, substituindo Grazi Massafera. Ela também já demosntrou que está à altura do posto quando participou da apresentação do enredo de sua escola e deixou todo mundo boquiaberto com sua performance. Agora, é esperar o desfile. Samba no pé? Ela tem, sim, senhor!

Natália Guimarães

A ex-miss Brasil volta a brilhar à frente da bateria da Vila Isabel. Mas ela não quer ser só mais um rostinho (e corpinho) bonito na Sapucaí, não. Natália tem ensaiando direto com a bateria, está aprendendo a tocar chocalho e promete interação total com a bateria do Mestre Mug. A ex-miss tem ensaiado, inclusive, coreografias junto com as paradinhas da escola.

Thatiana Pagung

Ela também repete a dose de ziriguidum à frente dos ritmistas da Mocidade Independente de Padre Miguel. Figura conhecida do carnaval carioca, Thatiana fez sua estréia como rainha de bateria de uma escola do grupo especial em 2008. Foi aprovada, e volta prometendo muito mais para 2009.

Raíssa Oliveira

Considerada um amuleto para a escola do município de Nilópolis. Raíssa começou a desfilar no posto, na Beija-Flor, com apenas 13 anos, e vai para o seu quinto carnaval como rainha de bateria. Além de ser pé quente, Raíssa virou um mulherão, daqueles de fazer qualquer marmanjo babar.

Adriane Galisteu

Completa em 2009 seu terceiro reinado pela Unidos da Tijuca. Mas isso é só na Tijuca. De carnaval, a loira tem 13 anos de avenida, com passagens pela Portela e Rocinha. Galisteu faz qualquer coisa para desfilar, já alugou até helicóptero para chegar na hora, e sempre leva para avenida as fantasias mais inusitadas.

Valesca Popozuda

A funkeira faz sua estréia no carnaval carioca em grande estilo. Já começa como rainha de bateria da Porto da Pedra. A rápida ascensãolevantou suspeitas de que ela teria comprado o posto.Mas Valesca não está nem aí, e quer mesmo caprichar na fantasia e no rebolado que vai migrar do baile funk para a Sapucaí.

Viviane Araújo

Soberana no Salgueiro. A modelo e atriz que estreou na vermelho-e-branca tijucana foi pé quente, e ajudou a escola a ficar em segundo lugar no carnaval 2008. Ela é adorada na escola e retribui o carinho sempre com uma novidade. No carnaval passado teve coreografia, para 2009, a inovação é guardada à sete chaves, mas que tem, tem.

Luiza Brunet

Uma deusa da avenida com mais de 25 desfiles na Marquês de Sapucaí.Só na Imperatriz Leopoldinense ela está há mais de 10 anos. Mas para ela, o tempo não parece passar. Está cada vez melhor, e necessária na avenida. Resta saber como Luiza promete comemorar suas bodas de prata com o carnaval carioca.

Luma de Oliveira

Ausente da Sapucaí desde 2005, quando desfilou pela Caprichosos de Pilares, Luma de Oliveira está de volta pela Portela. A musa herdou o posto que em 2008 foi de Adriana Bombom, e se prepara para voltar a encantar a Sapucaí, coisa que faz desde 1987, quanto estreou no carnaval carioca.

Gracyanne Barbosa

Se a vida de Gracyanne Barbosa não foi fácil em 2008, quando foi acusada de ter comprado o posto de rainha de bateria na Mangueira, em 2009, a dançarina consolida seu reinado. Pelo segundo ano consecutivo, ela vem à frente dos ritmistas da verde-e-rosa mostrando samba no pé e músculos, muitos músculos.

Juliane Almeida



A nova rainha de bateria da Unidos do Viradouro tem a difícil tarefa de substituir Juliana Paes, que deixou a escola por causa de compromissos profissionais. Mas a beldade está com moral, já que foi eleita em um concurso na agremiação, e ganhou a bênção da antecessora.

Fonte: Ego, www.ego.com.br