Ex-baterista da banda Megadeth morre durante show nos EUA

Músico sofreu um ataque cardíaco enquanto tocava

O ex-baterista do Megadeth, Nick Menza, morreu na noite desde sábado (21) aos 51 anos durante uma apresentação de sua atual banda OHM, em uma boate em Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos.

Segundo o amigo e biógrafo J. Marshall Craig, o músico sofreu um ataque cardíaco durante a terceira música e teve de ser levado ao hospital, mas já chegou morto ao local.

“Nós pedimos orações para a família de Nick e especialmente para seus dois filhos e a mãe deles, Teri”, afirmou Craig, em nota. “Sua mãe, Rose, e seu pai, Don, pedem privacidade e que orem por eles.” O biógrafo afirmou que informações sobre o funeral seriam divulgadas nos próximos dias.

Nascido em Munique, em 1964, Menza se juntou ao Megadeth em 1989. Foi o titular das baquetas por quatro álbuns de estúdio da banda antes de deixá-la em 1998: “Rust in Peace” (1990), “Countdown to Extinction” (1992), “Youthanasia” (1994) e “Cryptic Writings” (1997). Os discos foram os mais aclamados pelo público e chegaram aos primeiros lugares nas paradas dos Estados Unidos e Reino Unido.

Ele também tocou nos três álbuns solo do guitarrista do Marty Friedman, da formação original do Megadeth: “Scenes”, “Introduction” e “True Obsessions”

A saída do Megadeth foi conturbada. No meio da turnê de "Cryptic Writings", Menza descobriu ter um tumor benigno no joelho. Durante sua recuperação, Jimmy deGrasso foi contratado para substituí-lo.

Ainda no hospital, segundo relato do próprio Menza, ele recebeu uma ligação de Dave Mustaine, líder do grupo, informando-o de que seus serviços já não eram mais necessários. Fora da banda, Menza lançou em 2002 seu trabalho solo, “Menza: Life After Deth”.

Dentre os atuais integrantes do Megadeth, apenas Mustaine e o baixista David Ellefson, se manifestaram sobre a morte de Menza.

“Me diga que isso não é verdade! Eu acordo às 4h da manhã para ouvir que Nick Mensa morreu tocando bateria com o OHM”, escreveu Mustaine no Twitter.

“Condolências à família e aos amigos de Nick Menza. Todos nós perdemos um gigante gentil. Era um verdadeiro artista e um amigo para todos nós”, afirmou Ellefson, em sua conta no Twitter.

Fonte: Com informações do G1