Ex-BBB Yuri Fernandes deixa prisão após pagar fiança de R$ 5 mil e diz: “Estou feliz de ter saído”

Ex-BBB deixou prisão após Justiça Alagoana determinar pagamento de fiança

O Ex-BBB Yuri Fernandes deixou a Casa de Custódia II, em Maceió, na tarde deste sábado após a Justiça de Alagoas determina o pagamento da fiança no Valor de R$ 5 mil. O lutador estava preso suspeito de ter agredido sua namorada Angela Sousa, bailarina do "Domingão do Faustão", em um hotel da cidade. Ao sair o ex-BBB sorriu fazendo sinal positivo e disse: "Estou muito feliz de ter saído".


O juiz da nona vara criminal da capital de Alagoas, Geraldo Cavalcante Amorim, explicou que o ex-BBB só seria liberado após os advogados assinarem um termo de depositário, assumindo a responsabilidade do pagamento da fiança. Esse termo é assinado para garantir a saída de Yuri ainda neste sábado, já que o pagamento só poderá ser efetuado no próximo dia útil, que é segunda-feira, 8.

"Amanhã, no domingo (dia 7), o acusado precisa se apresentar ao fórum de Maceió para assinar o termo de compromisso da medida de proteção à vítima, que determina uma distância de 10 metros da vítima e de familiares dela. Caso ele se aproxime e não cumpra a determinação, além de pagar R$ 20 mil, ele volta a ser preso imediatamente", explicou o juiz.

Segundo André Ribeiro, gerente da casa de custódia, Yuri ficou eufórico ao saber que ia ser liberado. "Ele disse que ia comer é até pediu que eu tirasse foto dele com os outros presos. No começo, chegou triste. Disse que saiu do paraíso para o inferno, mas agora já se entrosou e até pediu que eu tirasse uma foto dele com outros presos", contou: "Aqui tem uns oito homens que foram presos pela lei Maria da Penha. Tem gente que está há mais de um mês detido por este crime". Ainda de acordo com o gerente, Yuri falou da sua alimentação. "Ele disse para um agente que estava só carne e osso porque não estava comendo alimentos da sua dieta, como barras de proteína".

'Yuri chorou muito e se mostrou arrependido'

Mais cedo, André Ribeiro afirmou que o lutador estava meio depressivo. "Yuri chorou muito e se mostrou arrpendido". Após ser preso em flagrante e deixar algemado a Delegacia da Mulher, no Centro de Maceió, Yuri passou a noite Casa de Custódia II. O ex-BBB ficou detido em uma cela comum com outros presos que têm menor potencial ofensivo.


Angela Sousa, que voltou para o Rio, onde mora com a família, escreveu um desabafo em rede social sobre o ocorrido na madrugada de sexta, 5, quando ela e o namorado brigaram dentro do hotel onde estavam hospedados de férias em Maceió. "Aprendi com esse episódio que um aperto mais forte ou um esbarrão proposital também é agressão. Ninguém imagina quando vai acontecer, ninguém está livre de acontecimentos inesperados, tão-pouco vindo de partes que você 'confia'. Precisei passar por tudo para aprender...mas aprendi", escreveu a dançarina do Faustão.

'Exaltei o amor próprio', desabafa Angela Sousa em rede social

Ainda, em seu Instagram, a loira explicou o que aconteceu em recente viagem de férias, em Maceió: "Reparei que receber um soco no olho vindo de trás de você, enquanto está agachada chorando, não é legítima defesa. Tampouco um pisão nas costas enquanto se esta caída no chão. A diferença de força entre um homem e uma mulher é óbvia. Isso qualquer um sabe...Principalmente vinda de uma lutador que usa o que aprendeu no ringue, em casa. E só quem esta sentindo as dores por ter sido surpreendida com um chute "frontal" na barriga ao levantar da cama, sou eu. Mesmo sendo em menor intensidade. Com tudo não sinto mágoa, raiva, pena, etc... Anulei automaticamente parte dos meus sentimentos. Exaltei o amor próprio ( mesmo que tardio )", detalhou Angela, que mostrou hematomas no rosto.

"Sinto orgulho de mim! Em meio a isso só consigo desprezar pensamentos para um ser humano que se afunda na própria ignorância. Veja bem: leigo é quem não sabe, ignorante é quem não quer aprender. Por fim em meio a alegações de legítima defesa e chutes imaginários, fico com a hombridade, dignidade e segurança de estar sendo leal a mim, a lei dos homens e a Deus, que é o mais importante. Não desejo mal a ninguém, penso que tudo que vai, volta. Me reservo apenas o direito de ter direitos. Acredito que Deus tem um propósito para cada um. E talvez de mim saiam forças que possam encorajar aquelas que pensam duas vezes para denunciar seus agressores. Nenhuma violência é justificada. Homem/mulher, homem/animal, homem/criança, e por aí vai. Preciso agradecer por todas as mensagens, todas mesmo! As de carinho que me alimentam e fortalecem e as grosseiras que lhes obrigarão a repensar seus atos e assim enchem meu coração por não sermos iguais. #Amém #NãoSintaVergonha #LeiMariaDaPenha #Denuncie #ContraAviolênciaDoméstica #coragem #NãoSomosSacoDePancada #DeuséJusto #DeusNaFrente", escreveu a dançarina do Faustão em rede social.

Briga motivada por crise de ciúmes

Em comunicado oficial enviado na sexta, 5, pelo escritório de advocacia que está o defendendo, Yuri negou ter agredido a namorada. Segundo o texto, a briga aconteceu devido aos ciúmes da namorada e ele apenas a conteve já que seu estado estava exaltado. "Diante de algumas matérias publicadas nesta manhã, acerca da detenção do empresário Yuri Fernandes em um hotel em Maceió, por supostamente ter agredido sua namorada, Angela Sousa, o mesmo vem declarar, por intermédio de seus advogados, que os acontecimentos da última noite não ocorreram da forma veiculada. Realmente houve uma discussão entre o casal, motivada por uma crise de ciúmes de sua namorada, mas em momento algum houve agressão física por parte dele. Ele apenas a conteve, no intuito de evitar que ela se machucasse em razão do seu estado emocional", afirma a mensagem.


Confira a fan page do Portal Meio Norte

 




Fonte: Ego