Ex-Hawaianos cria funk gospel e vira hit na web; assista vídeo

Ex-Hawaianos cria funk gospel e vira hit na web; assista vídeo

A letra do sucesso — com vídeo que já tem quase um milhão de acessos no YouTube —, surgiu de uma brincadeira de Tonzão com os colegas.

?Se no mundo eu cantava e dançava ? foi assim que tu me conheceu ? agora a mesma coisa eu vou fazer para Deus?. É com essa frase que começa o novo hit do ex-Hawaianos Tonzão Chagas. Convertido à religião evangélica desde 2011, o cantor agora canta música gospel ? só que no ritmo do batidão ?, faz sucesso na Internet com o vídeo ?Passinho do Abençoado? e acaba de lançar seu primeiro CD de funk gospel, sob o nome Tonzão e os Adudianos.

?O funk também é uma estratégia para a obra de Deus penetrar nas pessoas. O que não pode é usar o ritmo para estimular o sexo, drogas e o crime?, afirma Tonzão. ?O jovem, principalmente o de comunidade, se identifica com o funk. Já veio muita gente me procurar na igreja depois que viu o ?Passinho do Abençoado? na Internet?, completa.

Versões para funks conhecidos

A letra do sucesso ? com vídeo que já tem quase um milhão de acessos no YouTube ?, surgiu de uma brincadeira de Tonzão com os colegas do Instituto Vida Renovada da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (Adud), onde mora desde que se converteu. ?Estava num horário vago lá na igreja e comecei a cantar os louvores em ritmo de funk, e o passinho surgiu nesse dia como uma versão do ?Passinho do Bonequinho?, dos Hawaianos. Na época, eu não sabia que tinha câmera lá. O pastor viu e mandou me chamar. Já cheguei pedindo desculpas, mas ele não brigou e até gostou da ideia?, conta.

Outras versões evangélicas para funks conhecidos estão no CD que Tonzão acaba de lançar com seu novo grupo. Na lista tem ?S da Salvação?, inspirado em ?Levanta a Mão Para o Alto e Faz o Coraçãozinho?, de MC Marcelly, e ?Que é Isso Varão, Vigia!?, o gospel de ?Que Isso, Novinha?, de MC Saed, por exemplo. Além disso, nomes como MC Marcinho Cacuia, Buchecha, MC Thiaguinho e até o ex-grupo de Tonzão, Os Hawaianos, fazem participação.

Nos bailes funks

Quem vê Tonzão e os Adudianos ?mandando passinho? na Igreja nem imagina que eles animam também baile funk. ?Outro dia eu fui num baile evangelizar. Era show dos Hawaianos e eles me deram espaço para cantar o ?Abençoado??, diz Tonzão, que garante que o povo gosta do seu funk gospel.

Mas, apesar do sucesso dentro e fora das igrejas, ser pastor ainda não está nos planos dele. ?É muita responsabilidade, mas, se for da vontade de Deus, quem sabe??, despista o cantor, que hoje ?vive da obra?, ou seja, de doações que as pessoas fazem quando ele vai cantar em outras comunidades, e da renda do CD, que ele divide com o instituto e a família.

Fonte: ODIAONLINE