Fábio Assunção comenta "beijo gay" e fala sobre filha: "Me desafia"

Fábio Assunção comenta "beijo gay" e fala sobre filha: "Me desafia"

- Sou a favor da liberdade e do amor, portanto independentemente de como isso é processado por outros pensamentos

Enquanto o Brasil inclui os direitos civis dos homossexuais e a proposta de "cura gay" na pauta do dia, uma cena recente de "Tapas e beijos" causou rebuliço nas redes sociais.

Jorge (Fábio Assunção) tascou um beijo na boca de Armane (Vladimir Brichta) para o espanto de Seu Chalita (Flávio Migliaccio) e Jurandir (Érico Brás). Não se tratou exatamente de um beijo gay: os amigos estavam sendo confundidos com um casal e, incomodado com os boatos, Jorge quis alimentar a fofoca.

- Sou a favor da liberdade e do amor, portanto independentemente de como isso é processado por outros pensamentos, fiquei feliz em fazer meu trabalho e estar afinado nas coisas que valorizo - diz Fábio, sobre a cena.

Casado com a fotógrafa Karina Tavares, o ator não tem se privado de mostrar sua corujice nas redes sociais. O ator é pai de João, de 10 anos, e de Ella Felipa, de 2.

- Participo da rotina dela, ela me transforma, me alimenta e me desafia - conta ele sobre a filha. - Formar um filho hoje é reler o mundo e se moldar definitivamente à democracia, à liberdade e ao amor e ao difícil exercício em ensinar seu filho a dizer não.


Fábio Assunção comenta

Fábio Assunção comenta

Fábio Assunção comenta

Fábio Assunção comenta

Fonte: OGlobo