Falando Nisso destaca ideias e referências e completa seis meses no ar pela Rede Meio Norte

Falando Nisso destaca ideias e referências e completa seis meses no ar pela Rede Meio Norte

Seis meses de Falando Nisso, o programa apresentado por Maia Veloso conta trajetórias, revela referências e mostra personalidades e projetos vibrantes

Há seis meses, o Falando Nisso estreava na programação da Rede Meio Norte com a missão de contar histórias, trajetórias e entender referências. Os convidados conquistaram o público.

Foram 25 personalidades nesse período. Humoristas, políticos, médicos, juristas, advogados, professores, empresários, jornalistas, artesãos, pesquisadores, atletas, músicos, estilistas, modelos, policiais, atores e cientistas que renderam conteúdos da melhor qualidade.

A jornalista Maia Veloso, que assina o conteúdo e a produção executiva, diz que é um privilégio acessar e divulgar tantas ideias, projetos e trajetórias de vida inspiradoras. ?Junto com o telespectador, nós já nos surpreendemos, nos emocionamos, rimos e, principalmente, refletimos sobre conteúdos nunca ou pouco explorados na nossa TV local?, diz Maia.

Entre convidados, telespectadores e internautas, o Falando Nisso, mesmo exibido na TV aberta, tem formato de TV fechada. O alto nível das entrevistas é o que mais chama a atenção.

Foi o que observou convidados como o médico Carlos Henrique Nery Costa, o advogado Jurandy Porto e o perito criminal da Polícia Federal Artur Vasconcelos, para eles e os demais convidados, ter tempo de qualidade para falar de certos temas não é só importante, é fundamental.

No Falando Nisso já passaram nomes como o do humorista João Cláudio Moreno, os médicos Francisco Villar (oftalmologista), André Luis (reprodução humana) e José Mauro Brás Lima (neurologista), o cineasta Cícero Filho, os deputados federais Júlio César e Assis Carvalho, os professores Antonio

Amaral (de Cocal dos Alves) e Gilson Figueredo, a enfermeira doutora em violência contra a mulher Claudete Monteiro (UFPI), o prefeito Arinaldo Leal ? presidente da APPM, os jornalistas Silas Freire e Rivanildo Feitosa, os empresários Carla Morgana, Angela Farias, Danilo Damásio, Rafael Fonteles, Eugênio Fortes e Felipe Fonseca, o procurador Ednaldo Brito (MPT) e o desembargador Francisco Paes Landim(CNJ).

Também já foram entrevistados Edvaldo Moura (TJ/PI), a mãe e arquiteta Ivna Gadelha e o santeiro Mestre Expedito, Edvaldo Moura (desembargador), Amaury Jucá (humorista) e maestro Aurélio Melo, Cláudia Paranaguá (advogada Direito da Família) e Dr. Carlos Henrique Nery Costa (Pres.

da SBMT), Sérgio Adeodato (jornalista) e André Pessoa (fotógrafo), Andressa Leão (estilista) e Kátia Marabuco (Oncologista), Dyanna Carvalho (empresária ) e o Horácio Almendra (educador), Cláudia Claudino (empresária), e Themistocles Sampaio Filho (presidente da ALEPI), Lara Albuquerque (mãe de Caio), Sarah Menezes (judoca) e Expedito Falcão

(técnico), Leal Júnior (ex-deputado Estadual) e Marinalva Santana do Grupo Matizes, Beto Rego (apresentador) e Artur Vasconcelos (diretor da perícia técnica da PF), Rosângela Castro (empresária) e Philippe Salha (auditor fiscal), Fábio Abreu (capitão do Rone) e Francisco Carvalho (ator global), Valmir Miranda (jornalista) e Vanessa Damasceno (modelo).

Impacto nas redes sociais

O programa terá entrevistas marcantes com a deputada estadual Rejane Dias e o climatogista Milcíades Gadelha, além do senador Ciro Nogueira, do endocrinologista Flávio Melo, da desembargadora Liana Chaib e do médico Antônio Lobão.

A repercussão tem superado as expectativas e ganha mais força através das redes sociais. Segundo a mãe e arquiteta Ivna Gadelha, depois da entrevista muitas pessoas se identificaram com o caso do seu filho que é autista e disseram que ficaram emocionadas.

"Nas redes sociais teve muito mais impacto, porque várias famílias que se identificaram e muitas pessoas davam opinião contrária, outras apoiavam.", afirmou.

O programaé fonte de inspiração para pessoas de todos os segmentos sociais que absorvem os assuntos das entrevistas e aplicam no dia a dia.

Não só os conteúdos das entrevistas, mas as imagens dos bastidores feitas por fotógrafos renomados como Tibério Hélio e outros, o compromisso da equipe de produção, hoje assinada por Patrícia Kelly, o diretor de imagens Cleiton Pereira, os cinegrafistas Anderson Veloso, e Josimar Chaves e a edição de João Carlo/Clone, além do total envolvimento e apoio da direção da emissora são fundamentais. O diretor de programação, Wrias Moura, revela que o Falando Nisso foi um toque de classe da nova programação da rede MN.

A sintonia com o portal MN é indispensável. No meionorte.com/falandonisso, o telespctador e internauta pode assistir às entrevistas exibidas. "Nossa audiência faz conexões com as redes sociais através da fanpage do programa, falandonissomn, e de sugestões e críticas pelo e-mail falandonisso@ meionorte.com", acrescenta Patrícia Kelly, produtora do programa. Nossa dica é, domingo 23h, e segunda 22h45, você é convidado do Falando Nisso.


Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Falando Nisso destaca ideias e referências

Fonte: Isabel Cardoso