Família de Chorão aguarda aval de médico para cremação do corpo

Segundo ex-cunhado do músico, velório será aberto ao público até 15h desta quinta, 7, e depois ficará fechado para a família.

A família de Chorão, morto na manhã desta quarta, 6, em São Paulo, ainda aguarda o aval do médico legista para a cremação do corpo. Segundo o ex-cunhado do cantor, Reginaldo Lima, o pedido para a cremação já foi feito.


Família de Chorão aguarda aval de médico para cremação do corpo

"Era desejo do Chorão ser cremado, assim como foi o pai dele. Mas o médico precisa avaliar se o material coletado na necrópsia foi suficiente para ele concluir qual foi a causa da morte", disse. Caso a cremação não seja autorizada, Chorão vai ser enterrado no Cemitério Vertical Memorial, em Santos, e só depois do laudo pronto, cremado.

Os fãs têm até às 15h desta quinta, 7, para se despedir do músico na Arena Santos, onde o corpo está sendo velado. De acordo com Reginaldo, depois das 15h, o local será fechado para a família, onde haverá uma despedida reservada.

O corpo de Chorão está sendo velado desde a noite desta quarta, 6. Familares, amigos e fãs do cantor estiveram no local, como Marcão, guitarrista do Charlie Brown Jr, Champignon, baixista da banda, Di Ferrero, do NX Zero, e o ator Alexandre Frota. Fãs fizeram homenagens levando cartazes e skates para a Arena.

Cantor foi encontrado na cozinha de apartamento

Segundo o boletim de ocorrência divulgado pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), Chorão foi encontrado morto por volta das 4h30 na manhã desta quarta, 6, no chão da cozinha de seu apartamento na rua dos Moras, em Pinheiros, São Paulo. A polícia chegou ao local e solicitou o atendimento médico do SAMU. A ocorrência foi registrada na 14ª DP como morte suspeita. Uma equipe do Instituto de Criminalística esteve no local para perícia. O caso foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ânimos exaltados no IML

Na tarde desta quarta, 6, familiares estiveram no IML de São Paulo para a liberação do corpo. Houve um desentendimento entre o irmão de Chorão, Ricardo, e a ex-mulher do cantor, Graziela Gonçalves. Eles discutiram alto e ele chegou a chamá-la de "puta". A estilista partiu para cima dele, e amigos e parentes tiveram que separá-los.

Ricardo continuou dentro do local, enquanto Graziela foi para a área externa. "Os ânimos estão exaltados e houve mesmo uma pequena confusão, mas já passou", disse Reginaldo, logo após a confusão.

Filho chocado

Durante a saída do corpo de Chorão, na mesma tarde, Murilo Lima, ex-cunhado do músico, falou sobre Alexandre Abrão, filho do vocalista. "Ele está muito chocado. Quando estava vindo pra cá, pediu pra gente falar que era um sonho. Hoje durante o dia, ele ligava para o pai e gritava: Atende, atende!", disse o tio. Murilo é irmão da primeira mulher do músico, Thais Lima.

Prima não acredita em suicídio

Em entrevista ao programa "Superpop", que foi ao ar na noite desta quarta-feira, 6, Sônia Abrão, prima de Chorão, contou que o vocalista da banda Charlie Brown Jr. apresentava sinais de depressão desde que se separou de Graziela, mas não acredita em suicídio.

?A gente achava que mesmo no processo de depressão, ele tinha essas âncoras: a família, o filho, a carreira. A gente estava achando que ele iria superar esse final de casamento, esta crise (...). Porque ele estava bastante atormentado. Era uma montanha russa emocional?, disse ela.

Fonte: EGO