Andressa Urach teme ameaças de morte por causa de biografia

Morri para Viver chega às livrarias no final do mês

A modelo Andressa Urach promete revelações bombásticas em sua biografia, Morri para Viver, que chega às livrarias no final do mês, pela editora Planeta, com tiragem de 1 milhão de exemplares. E teme receber ameaças de morte por isso.

"Se eu morrer por causa das informações desse livro... Sei que minha alma está em paz", escreveu Andressa em sua conta no Instagram, que ela tem utilizado para divulgar a biografia, escrita com a ajuda do vice-presidente de jornalismo da Record, Douglas Tavolaro.

Foi também ele que colaborou em Nada a Perder, a biografia do bispo Edir Macedo.No fim de semana, Andressa publicou a capa e a contracapa do livro, em que fala de seu "submundo de fama, drogas e prostituição".

A modelo decidiu mudar de vida depois de quase morrer em decorrência de uma infecção causada por hidrogel, substância que injetou para engrossar e fortalecer a perna

Segundo as informações contidas na contracapa, o livro contará como Andressa "se tornou uma das prostitutas mais caras e desejadas do país" e falará de seus "casos secretos com clientes ricos e famosos", que envolvem "empresários milionários, cantores, jogadores de futebol, artistas, bandidos e religiosos".

Image title


Fonte: Veja