Anitta demite advogados após ser condenada a pagar R$ 5 milhões para ex-empresária

Anitta e Kamilla se conheceram em 2011, antes do estouro do hit "Show das Poderosas".

Anitta está passando por um momento delicado em sua carreira. Após se tornar ré no processo que move contra sua ex-empresária, a cantora demitiu seus antigos advogados.

De acordo com a coluna "Retratos da Vida", do jornal "Extra" desta sexta (10), ela contratou os serviços de Saulo Alexandre Morais e Sá. A juíza Flávia de Almeida, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, concedeu, na última sexta-feira, uma liminar que obriga Anitta a depositar no prazo de uma semana o valor de R$ 5 milhões na conta da K2L, seu antigo escritório de propriedade de Kamilla Fialho.

A quantia corresponde à quebra de contrato, que aconteceu seis anos antes do combinado. Segundo o advogado Marcelo Saraiva, que defende a K2L, ela terá que depositar o valor em juízo e ficará guardado até a conclusão do processo. "Anitta rescindiu o contrato e, simplesmente, esqueceu que tinha uma multa e um saldo negativo para acertar com a empresa", afirma o advogado ao Purepeople.

Anitta rompeu contrato com a K2L no dia 28 de agosto, mas segue cumprindo a agenda de shows vendidos pela empresa. Porém, ela tem alegado que não recebia o cachê dos shows e chegou a confirmar o débito em um comunicado enviado por sua assessoria de imprensa. No entanto, Marcelo garante que o dinheiro tem sido depositado mensalmente mesmo após o vínculo com o escritório. "Acontece que Anitta tem um saldo negativo com a empresa de aproximadamente R$2,3 milhões e tudo o que entra é abatido. Todas as despesas pessoais dela, os custos com a gravação do DVD, as plásticas, o aluguel... Tudo vem dessa conta corrente. E ela tinha total conhecimento disso", diz o advogado.

Anitta e Kamilla se conheceram em 2011, antes do estouro do hit "Show das Poderosas". Para agenciar a carreira da cantora, inclusive, a empresária teve que pagar uma multa contratual no valor de R$ 260 mil que ela tinha com a equipe de som Furacão 2000. "Fizemos um investimento grande, pois acreditamos no potencial da Larissa (nome verdadeiro da cantora). Pagamos o aluguel dela durante seis meses, gastamos com sobrancelha, fisioterapia, maquiagem...", conta Kamilla ao Purepeople. O processo ainda vai demorar a ser concluído, já que a divulgação do valor exato a ser pago pode acontecer só daqui a 60 dias. Além disso, a sentença final ainda não foi decretada.

 


Fonte: MSN