Após cirurgia, Thammy Miranda vai a praia de sunga e blusa manga cumprida

Atriz estava acompanhada da namorada Andressa Ferreira na tarde desta terça-feira, 6

Thammy Miranda aproveitou a tarde desta terça-feira, 6, na praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A atriz escolheu uma blusa de manga comprida bem justa, que evidenciava o resultado de sua cirurgia plástica. "Rioooo..... Chegamos!! As ferias continuam.." , escreveu Andressa em seu perfil no Instagram.

A atriz estava acompanhada de sua namorada Andressa Ferreira, que exibiu todo seu corpão durante o passeio. O casal chamou atenção dos banhistas que estavam no local, que ficaram observando a dupla. Thammy não quis tirar a blusa, nem quando deu um mergulho no mar.

Em recente entrevista, a filha de Gretchen falou sobre o resultado da operação: "Fiz uma mamoplastia redutora e também aproveitei que estaria lá e fiz uma lipoaspiração na barriga. Foi uma operação de mais ou menos cinco horas, mas foi tranquila. O pós-cirúrgico foi bastante dolorido. Eu fiquei com um dreno no peito. Só retirei ele essa semana e agora que as coisas começaram a melhorar. Comecei as sessões de drenagem e daqui pra frente é vida normal. Já terminei os antibióticos que estava tomando. Terei que ficar 30 dias com cinta modeladora e aguardar a total cicatrização, que por enquanto está ocorrendo de forma.

Entenda a cirurgia de Thammy

Em entrevista, o médico de Thammy Miranda, Lecy Marcondes Cabral, explicou que ela se submeteu a uma mamoplastia, que tem finalidade estética. "A mastectomia é o nome que damos quando vamos tirar toda a glândula mamária para o tratamento cirúrgico do câncer de mama e temos várias técnicas para esse procedimento. No caso da adenomastectomia tira-se a glândula mamária, preserva-se o peitoral e a auréola. Você pode até deixar um pouco de glândula mamária residual, mas é um tratamento exclusivamente para quem tem um tumor de câncer e existe essa preocupação de retirar todo o tumor. Já a mamoplastia redutora é bem diferente. É o nome que se dá para a redução mamária. E quando falo em diminuir a mama existem vários níveis para isso. Você pode tirar a totalidade da glândula ou não, depende do que o paciente quer. Tirei boa parte, mas não foi 100%", comenta ele, frisando que o objetivo era moldar a mama para que ficasse com um resultado satisfatório para a paciente.












 

CLIQUE AQUI E CURTA O PORTAL MEIO NORTE NO FACEBOOK

Fonte: EGO