Após denúncia, Justiça proíbe Lírio de se aproximar de Luiza Brunet

A agressão teria ocorrido dia 21 de maio

Acusado de agredir Luiza Brunet e quebrar três costelas da modelo, seu, então namorado, Lírio Parisotto, foi proibido de se aproximar da ex-modelo. O veto é uma decorrência de uma medida preventiva obtida na Justiça pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, na última terça-feira.

Luiza Brunet publicou o MP na semana passada e, após fazer uma representação ao Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid), do órgão, na quinta-feira, dia 23, em que afirmou ser vítima de violência doméstica, conseguiu a medida preventiva.

A Justiça deferiu pedido do MP e decretou medidas protetivas, pelas quais o investigado fica proibido de se aproximar da atriz e de manter contato com ela por qualquer meio.

Lírio e Luiza Brunet (Crédito: Divulgação)
Lírio e Luiza Brunet (Crédito: Divulgação)
Fonte: iG