Brad Pitt e Jolie discordavam sobre identidade de gênero da filha

Filha adotou fios mais curtos e passou a vestir roupas masculinas

A separação de Brad Pitt e Angelina Jolie foi anunciada pela atriz na última terça-feira (21) e deixou fãs do casal inconsoláveis em todo o mundo.

De acordo com Angelina, "diferenças irreconciliáveis" foram a causa do divórcio e, de acordo com o site "Radar Online", a principal delas se deve à criação de Shiloh.

A herdeira, de 10 anos, adotou fios mais curtos e passou a vestir roupas masculinas, além de pedir para ser chamada pelo nome John. No entanto, de acordo com a publicação, o ator não aceitou muito bem a mudança de gênero da filha. "Ouvir que Shiloh, tão nova, já falava 'Eu sou um menino e não uma menina', matava ele por dentro'", disse uma fonte próxima ao casal.

"Em um primeiro momento, ele achou que ela fosse apenas um tomboy", explicou a pessoa.


Brad Pitt e Angelina Jolie (Crédito: AFP)
Brad Pitt e Angelina Jolie (Crédito: AFP)


Fonte: Pure People