Bruno Gagliasso rebate críticas sobre adoção de criança; vídeo

"Adotou porque está na moda”, foi uma das críticas.

 Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank anunciaram no começo de julho a adoção de Chissomo, uma criança de 2 anos, nascida em Malawi, no continente africano.

O nome da menina, que significa “graça”, se pronuncia “Tissomo”, por isso a família deu a ela o apelido carinhoso de Titi. Gian Luca Ewbank, irmão da atriz, comemorou a chegada da pequena à família com uma publicação no Instagram: "O anjo da família chegou. Bem-vinda Titi, nós te AMAMOS!"

O gesto dos atores foi recebido com elogios por muitos brasileiros, mas também sob críticas por outros tantos. E é sobre as críticas que o ator fala no novo comercial de uma empresa de telefonia.

Depois de Daniela Cicarelli e Junior Lima, chegou a vez de Gagliasso “desafiar rótulos” na campanha do Dia dos Pais  - abordando especificamente comentários relacionados à paternidade e adoção.

Entre as críticas e acusações, o ator cita frases do tipo: “Tem que ser sangue do mesmo sangue”, “adotou porque está na moda”, “com tanta criança precisando no Brasil, por que adotou uma da África?”.

A resposta do ator a todas essas colocações você acompanha no vídeo abaixo:
Image title
Image title


Fonte: Com informações do Brasil Post